Medina
Instagram
Medina

A polêmica envolvendo o surfista Gabriel Medina, que acaba de ser campeão da etapa da Austrália , e a sua mãe, Simone Medina, ganhou mais um capítulo.

Sem citar nomes, a modelo Yasmin Brunet escreveu um texto sobre gastar o tempo com quem não merece e os fãs apontaram ser uma indireta envolvendo o problema familiar do marido .

“O maior presente que você pode dar para alguém é seu tempo. É o bem mais valioso que você tem. Não importa a quantidade de dinheiro que você tenha, nunca vai conseguir comprar seu tempo de volta. O tempo não se compra e está indo embora a cada segundo. Escolher com cuidado a quem você quer dar esse presente é muito importante. Escolha bem as pessoas que merecem seu tempo de vida. Escolha bem para quem você quer dar partes da sua vida. Você é uma pessoa incrível e estar ao seu lado é um privilégio. Não gaste seu tempo com quem não merece. Literalmente, não gaste sua vida com qualquer pessoa”, escreveu ela.

Yasmin também compartilhou algumas frases que seriam relacionadas a questão. “Controle como você responde a coisas que foram enviadas para destruir sua paz. Você não pode forçar uma pessoa a te respeitar, mas você pode recusar-se a ser desrespeitada”, opinou.

Você viu?

Apesar de oficialmente não ficar claro o que motivou os problemas familiares, especulasse que o casamento de Medina e Yasmin Brunet seria um dos fatores, assim como a excessiva cobrança da mãe e do padrasto Charles Saldanha em relação à carreira do surfista. O problema, inclusive, resvalou até para o irmão de Gabriel, Felipe, e sua mulher, Bruna, que também cortaram relação com os pais do surfista.

Em março, Medina anunciou o fim da parceria entre ele e Charles, comunicando que o padrasto não seria mais seu coach. A notícia veio pouco menos de dez dias depois de o jornal Extra revelar a crise familiar.

A boa notícia é que as questões pessoais não tem afetado o desempenho do surfista. Na semana passada, o bicampeão mundial deu show e conquistou o título da etapa de Narrabeen, na Austrália. Ele derrotou o californiano Conner Coffin na decisão, com 18,77, o maior placar do ano, ultrapassando os 18,16 de John John Florence em Pipeline, contra 14,10 do adversário. O paulista lidera o ranking, com 25.600 pontos.

A vitória veio após bater na trave duas vezes na abertura da temporada. Ele havia perdido a primeira final no Havaí para John John Florence e a segunda para Italo Ferreira, em Newcastle.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários