Lance

Fernando de Carvalho Lopes arrow-options
Divulgação
Fernando de Carvalho Lopes

O desembargador Aben-Athar de Paiva Coutinho concedeu liminar para suspender o processo de acusação de abuso sexual que corre na na 2ª Vara de São Bernardo do Campo contra o ex-técnico da seleção brasileira de ginástica Fernando de Carvalho Lopes. A informação é do 'Globo Esporte'.

Leia também: Diego Hypólito relembra passado: "Me faziam pegar pilha com o ânus"

A suspensão aconteceu após um pedido de habeas corpus dos advogados do réu, que alegaram que dois dos quatro ginastas sejam retirado da ação penal, por terem perdido o prazo para serem consideradas vitimas. O caso de Fernando , que corre desde 2016, ficou conhecido após o 'Fantástico', da Globo, fazer uma reportagem em abril de 2018. 

Ao todo, 40 ginastas afirmaram ter sofrido abuso sexual entre os anos de 1999 e 2016, mas somente quatro são citados no processo como vítimas, enquanto os demais são vistos como testemunhas. O ex-treinador foi denunciado nos artigos 271-A (estupro de vulnerável) e 226 inciso II (agravante pela relação de poder em relação às vítimas). 

Fernando pode pegar até 37 anos e meio por cada vítima. Portanto, o pedido pode fazer com que, em caso de condenação, o réu possa pegar uma pena menor. O MP se posicionou e afirmou que a denúncia contra as duas vitimas não prescreveu. O caso voltará a ser analisado pelo desembargador que concedeu o recurso para que ele coloque o habeas corpus em votação.

    Veja Também

      Mostrar mais