Tamanho do texto

Colombiano Rodolfo Torres tinha 31 anos de idade e teve diversas complicações em hospital da Rússia

Rodolfo Torres, atleta de fisiculturismo, morreu após lesionar o braço
Facebook/Reprodução
Rodolfo Torres, atleta de fisiculturismo, morreu após lesionar o braço

O mundo esportivo da Colômbia está em choque com a morte de Rodolfo Alexis Torres Rojas, de 31 anos de idade, atleta de fisiculturismo do país. Ele estava na Rússia para uma competição da modalidade, sofreu uma lesão no braço e, em decorrência de algumas complicações, acabou morrendo.

Leia também: De 68 kg para 160 kg: fisiculturista choca internet com foto de antes e depois

Tudo começou quando o atleta machucou o bíceps direito durante um treinamento, ocasionando uma hemorragia interna no local. Rodolfo procurou uma clínica da cidade russa de Perm e, sem aparentar ser uma lesão grave, foi liberado pelos médicos para continuar o tratamento em casa.

Rodolfo Torres, atleta de fisiculturismo, morreu após lesionar o braço
Facebook/Reprodução
Rodolfo Torres, atleta de fisiculturismo, morreu após lesionar o braço

Entretanto, o problema foi se agravando com o passar dos dias e ele teve que retornar ao centro médico com queixas de muitas dores e febres. No quinto dia após sua internação, teve que ser levado para UTI, onde foi colocado em coma induzido.

Leia também: Conheça o "Mini Hulk", fisiculturista anão que faz sucesso nas redes sociais

"Acreditamos que durante o procedimento ambulatório para aliviar a lesão no seu corpo, meu filho tenha contraído uma bactéria. Isso somado a uma série de negligências médicas pode ter ocasionado a morte dele", disse o pai de Rodolfo em entrevista à imprensa colombiana.

Leia também: Atleta é encontrado morto em casa e a causa é bizarra: engasgou com a comida

"Foi diagnosticado uma septicemia, infecção que avançou por todo seu organismo, afetando o coração e parte do cérebro. A princípio, pensaram em amputar o braço, mas preferiram tratar com medicamentos. Os rins foram afetados e isso agravou o estado de saúde dele", concluiu.

Rodolfo Torres, atleta de fisiculturismo
Arquivo pessoal
Rodolfo Torres, atleta de fisiculturismo

É um esporte?

Sim, o fisiculturismo é um esporte. A modalidade, inclusive, foi aceita para estar na próxima edição dos Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima, no Peru, valendo medalhas - a inclusão foi definida durante reunião da  ODEPA  (Organização Desportiva Pan-Americana) em Doha, no Catar. Também conhecido como culturismo, ele premia o atleta fisiculturista que melhor molda seu corpo. Juízes avaliam volume, simetria, proporção e definição dos músculos.