Tamanho do texto

Abertura do BSOP, o Campeonato Brasileiro da modalidade, aconteceu em cidade do Uruguai

Poker é um esporte que une diferentes nações
Divulgação
Poker é um esporte que une diferentes nações

Um dos esportes que mais crescem em todo o mundo é o poker e no Brasil esse cenário não é diferente. Com significativo aumento de participantes a cada competição, a modalidade vem se tornando uma febre nacional, atraindo competidores de diferentes países durante o BSOP, o Campeonato Brasileiro da categoria.

LEIA MAIS: Brasil entra definitivamente no roteiro mundial do poker

Uma prova dessa ascensão é que para estrear a temporada do poker  nacional neste ano, o BSOP resolveu fazer a sua primeira das sete etapas de 2017 em um dos principais destinos turísticos da América Latina: o Enjoy Punta del Este, no Uruguai.

Logo em seu primeiro dia de disputas, o torneio atraiu mais de 200 competidores de diferentes países, com destaque para nações como o próprio Brasil, além da Argentina, Chile e Uruguai. Nas mesas da competição, o clima era bastante amistoso entre os jogadores que misturaram o português, espanhol e a mímica como um único idioma.

LEIA MAIS: Conheça o jovem alemão considerado o "Messi do poker"

"Nós escolhemos Punta del Este por ser uma região que privilegia competidores de vários países da América Latina. Durante outras etapas anteriores do BSOP, percebemos o grande aumento de estrangeiros em nosso campeonato, então nada melhor do que aliar essa alta procura com um destino turístico bastante desejado durante o verão e estamos vendo logo na abertura que conseguimos oferecer diferentes atrações a esse nicho de pessoas", comentou Devanir Campos, diretor do evento.

Estreia do BSOP, o Brasileirão de poker
Divulgação
Estreia do BSOP, o Brasileirão de poker

Já para André Akkari, campeão mundial de poker do Team Pro PokerStars, a estrutura do BSOP ajuda muito em trazer novos competidores de diferentes países do mundo ao torneio. "Eu corro os principais circuitos do mundo inteiro e o que temos no Brasil é algo único mundialmente. A profissionalização do BSOP é tão grande que servimos de referência para inúmeros torneios no exterior. Isso, somado as conquistas brasileiros nos últimos meses, faz com o que o Brasil se torne vitrine em diferentes situações", contou Akkari.

Famosos nas mesas

Entre os quatro torneios realizados no evento de abertura, destaque para a presença do tenista Brunos Soares, cada vez mais adepto à modalidade, disputando o NLH High Rollers, que entregou 51 mil dólares (cerca de R$ 158 mil) ao campeão do torneio, o uruguaio Mário Bonanata.

LEIA MAIS: Você conhece Dan Bilzerian, o playboy milionário do poker?

Ainda se juntaram à disputa do poker a medalhista de ouro olímpica Maurren Maggi, as atrizes Leticia e Michele Birkheuer, além do tenista argentino José Acasuso em um torneio de celebridades promovido pelo BSOP em parceria com o PokerStars.