Tamanho do texto

Maria Portella e Thiago Camilo também foram eliminados antes de terem direito a buscar o bronze na repescagem

Mayra Aguiar foi eliminada nas oitavas de final e não disputou medalhas no Mundial
Vipcomm
Mayra Aguiar foi eliminada nas oitavas de final e não disputou medalhas no Mundial

O quinto dia de disputas do Mundial de Judô, em Astana no Cazaquistão, foi marcado por algumas das principais zebras da competição. Numa delas, a brasileira Mayra Aguiar, da categoria até 78kg, foi eliminada logo nas oitavas de final. Mayra foi campeã mundial em 2014 e tentava o bicampeonato.

Outra brasileira, Maria Portela, caiu na mesma fase na categoria de até 70kg. Já Thiago Camilo, campeão pan-americano neste ano e com um título mundial em 2007, perdeu logo em sua primeira luta na categoria de até 90 kg. 

Mayra era cabeça de chave e não lutou na primeira rodada. Na segunda, venceu com um wazari e depois uma imobilização a chilena Jacqueline Usnayo com 28s de luta. Pelas oitavas, Mayra foi derrotada pela polonesa Daria Pogorzelec por um yuko e um wazari. A brasileira havia vencido a rival nas quartas de final dos Jogos de Londres em 2012. Pogorzelec também ficou sem medalha ao ser derrotada por um shidô pela holandesa Marhinde Verkerk na disputa pelo bronze. 

A maior adversária de Mayra, a norte-americana Kayla Harrison, ouro no último Pan e também nos Jogos de Londres, perdeu na terceira luta e também não alcançou nem o bronze. No masculino, o grego Ilias Iliadis, ouro no Mundial do ano passado, também caiu nas oitavas de final e confirmou o dia de zebras em Astana.

A participação de Maria Portela, bronze no Pan de Toronto, começou com vitória por ippon contra a australiana Aoife Coughlan. Na sequência, superou a mexicana Andrea Poo por imobilização. A derrota veio nas oitavas de final para a espanhola Maria Bernabeu ao ser punida no golden score. Bernabeu foi medalha de prata ao ser derrotada pela francesa Gevrise Emane por ippon na decisão.

As duas já tinham três shidos. No masculino, Thiago Camilo foi eliminado pelo russo Kirill Denisov por um shido. Denisov foi medalha de prata ao ser derrotado pelo sul-coreano Dong Han Gwak. 

No último dia de competições individuais neste sábado, o Brasil será representado por David Moura, na categoria a partir de 100kg, e Luciano Corrêa, na de até 100kg. Entre as mulheres, Maria Suelen Altheman e Rochele Nunes participam da chave de +78kg.

O Brasil tem duas medalhas de bronze na atual edição do torneio com Erika Miranda e Victor Penalber. Em 2014, no Mundial de Chelyabinsk, na Rússia, o Brasil encerrou sua participação com quatro medalhas: uma de ouro (Mayra Aguiar), uma prata (Maria Suelen) e dois bronzes (Érika Miranda e Rafael Silva).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.