Tamanho do texto

Depois de reconstituir a noite da bebedeira, polonês encontrou taxista, teve a medalha de volta e pagou a corrida devidamente

Pawel Fajdek levou o ouro no lançamento de martelo no Mundial de Pequim
Getty Images
Pawel Fajdek levou o ouro no lançamento de martelo no Mundial de Pequim

O polonês Pawel Fajdek foi medalha de ouro no lançamento de martelo no Mundial de Atletismo, em Pequim, e resolveu comemorar. 

Segundo relato do jornal "Rzeczpospolita", de Varsóvia, Fadjek foi festejar o título do último domingo num restaurante da capital chinesa e depois de muitos tragos, ficou bêbado. Na volta para o hotel, tomou um táxi.

Ao acordar, o atleta notou que sua medalha de ouro não estava no seu quarto e não sem se lembrava dos pormenores da noite anterior. Chamou a polícia e, inicialmente, reportou o que achava se tratar de um assalto.

Porém, as autoridades reconstruiram a noite do atleta e até chegarem ao taxista que o levou na noite anterior. E a medalha estava com ele. O taxista relatou que Fajdek não tinha dinheiro para pagar a corrida e lhe deu a medalha. Sóbrio, o atleta pagou a corrida  devidamente e teve a medalha recuperada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.