Tamanho do texto

Adriano de Souza, atual líder do ranking da WSL, se despede, mas segue no topo, já que Mick Fanning também é eliminado

O Dia

Gabriel Medina no Circuito Mundial de Surf Rio Pro na Barra da Tijuca
Wallace Barbosa/AgNews
Gabriel Medina no Circuito Mundial de Surf Rio Pro na Barra da Tijuca

A Tempestade Brasileira segue muito bem representada no Circuito Mundial de Surfe, agora realizada em Teahupoo, no Taiti. Após irem para a repescagem, Gabriel Medina, Filipe Toledo e Adriano de Souza, Bruno Souza e Wiggolly Dantas foram para o tudo ou nada nesta segunda-feira, pela terceira fase e, Mineirinho, acabou levando a pior, dando adeus ao evento.

Na primeira bateria da terceira fase, Filipe Toledo, vice-líder do raking, avançou ao conquistaruma vitória sobre Brett Simpson, somando 16.97 pontos. Já Gabriel Medina, que recuperou seu bom surfe, não deu espaço para John John Florence na quinta do dia e bateu o havaiano, com bela somatória de 19,00. 

Porém, o mar não poderia ser favorável a todos os brasileiros nesta segunda. Logo em seguida, na quinta bateria, Adriano de Souza, o Mineirinho, foi batido pelo compatriota Bruno Souza, e deu adeus ao Taiti em uma decisão verde e amarela. O atual líder só não perdeu o topo do raking, por enquanto, porque Mick Fanning também se despediu mais cedo da competição. 



    Leia tudo sobre: surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.