Tamanho do texto

Derrota põe fim a hegemonia brasileira que durava desde 1956. Adversário na semifinal da Copa América será o Canadá

Nem os 25 pontos de Iziane foram suficientes para evitar a derrota
José Jiménez Tirado/FIBA Americas
Nem os 25 pontos de Iziane foram suficientes para evitar a derrota


Acostumado a dominar o cenário do basquete feminino sul-americano, o Brasil sofreu um revés emblemático na noite desta quinta-feira. Pela primeira vez em 59 anos, a seleção caiu diante da Argentina, ao ser derrotada por 73 a 69 no último jogo do grupo B da Copa América, disputada em Edmonton, no Canadá.

O último triunfo das argentinas sobre as brasileiras havia sido no longínquo ano de 1956, no Campeonato Sul-Americano realizado em Quito, no Equador. Na ocasião, as "hermanas" venceram por 62 a 57.

Leia mais: Fiba garante seleções masculina e feminina de basquete nas Olimpíadas

A derrota deixou o Brasil em segundo lugar no grupo B e colocou o favorito Canadá, atual campeão Pan-Americano, como adversário na semifinal, que será disputada neste sábado. A Argentina encara Cuba na disputa por um lugar na decisão.

A Copa América de Edmonton serve como torneio classificatório para as Olimpíadas do Rio 2016, e apenas o campeão garante vaga direta nos Jogos. O Brasil está classificado automaticamente por ser o país-sede.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.