iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

22/12 - 14:54

Gordinho, França diz que meta é chegar aos 92 kg e ganhar a Olimpíada

Nadador disse não saber quanto pesa, mas que precisa emagrecer para brigar por mais vitórias na natação

Gazeta Esportiva

Felipe França estava há 48 horas sem dormir quando chegou para a comemoração do Esporte Clube Pinheiros, nesta quarta-feira, ao lado de outros 14 nadadores da agremiação que foram para o Mundial de piscina curta, em Dubai. Visivelmente cansado, o atleta fez questão de lembrar uma coisa que ainda o atormenta na carreira e que potencializou o seu desgaste no traslado de aeroportos nos últimos dias: o peso. Para França, a sua performance ainda vai melhorar bastante, a partir do momento em que ele conseguir baixar o seu peso para os 92 kg.

"Eu tenho certeza que com oito ou dez quilos a menos, com uma melhor forma física, eu vou ter mais condições de brigar pelas vitórias", afirmou o nadador, que disse não saber quanto pesa no momento. "Não faço nem ideia", brincou.

No que se refere ao sonho de conquistar a Olimpíada de 2012, em Londres, ele reconheceu que a vitória no Mundial reacendeu a sua vontade de subir no lugar mais alto do pódio em território britânico.

"A partir do momento que eu consegui o ouro, minha meta vai ser sempre me superar daqui pra frente. Com certeza, a vitória na Olimpíada é maior meta que eu tenho. Eu havia dito que diminuiu a 'chama' na minha vontade de ser campeão olímpico. Não sei o que me deu, mas agora vi que é possível, e se Deus quiser eu vou conseguir isso", declarou.

Quanto às férias no ano que vem, o peitista disse que não terá muito descanso. "Eu devo voltar a treinar no dia 3 ou no dia 4. Por mim voltava no dia 10, mas tem que se preparar. Quero ver se no ano que vem consigo chegar bem para o Mundial de Xangai e fazer logo o índice olímpico. Assim vou poder fazer que nem o Cielo, que conseguiu focar o treino só para as Olimpíadas em 2008", completou.

A prova na qual Felipe França ficou em primeiro lugar no Mundial de Dubai, os 50m peito, não é modalidade olímpica. Para conseguir o ouro, ele terá de se superar nos 100m, distância que lhe rendeu uma de suas medalhas de bronze na competição.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias