iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

19/12 - 13:07

César Cielo desbanca franceses, quebra recorde e leva ouro nos 100m livre no Mundial

Brasileiro conseguiu sua segunda medalha de ouro na competição e unificou títulos mundiais de piscinas longa e curta

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo

No último dia de competição do Campeonato Mundial de natação em piscina curta, o brasileiro César Cielo conseguiu mais uma medalha de ouro para sua coleção: nadando na raia 4, ele desbancou os rivais franceses Fabien Gilot e Alain Bernard, quebrou o recorde do campeonato e venceu os 100m livre com o tempo de 45s74. 

A antiga marca da competição, de 46s01, era do próprio nadador brasileiro, que havia marcado o tempo na semifinal da prova, no sábado.

A vitória do brasileiro fez felicidade dos torcedores, que levaram várias bandeiras do Brasil ao Dubai Sports Complex, em Dubai (Emirados Árabes Unidos), local da competição. O segundo colocado foi o francês Fabien Gilot, com 45s97, e o russo Nikita Lobintsev, com 46s35, ficou em terceiro. 

Satiro Sodré/Divulgação CBDA
César Cielo agradece: nadador ganhou apoio de boa parte dos torcedores em Dubai


Mesmo muito cansado, o brasileiro concedeu entrevista após a prova: "Passei muito dos limites, (o corpo) está doendo muito. Mas é uma dor boa, que vale a pena. É muito bom levar mais uma medalha para o Brasil e fazer essa dobradinha [medalha de ouro nos 50m e nos 100m livre] de novo", disse Cielo ao "SporTV".

A estafa do nadador, no entanto, não o impediu de competir em outra prova logo depois: Cielo ajudou a equipe brasileira a ganhar a medalha de bronze no revezamento 4x100m medley, última prova do Mundial de Dubai.

Com a vitória do nadador, o Brasil encerrou o Mundial com oito medalhas: três de ouro (50m livre e 100m livre, ambas com César Cielo, e 50m peito, com Felipe França), uma de prata (200m borboleta, com Kaio Márcio) e quatro de bronze (100m peito, com Felipe França, 100m borboleta, com Kaio Márcio, e revezamentos 4x100m livre e 4x100m medley). O país terminou na sétima colocação geral.

Mais um feito
No Mundial de piscina curta, César Cielo conseguiu realizar um feito inédito na natação mundial: ele unificou os títulos mundiais de 50m e dos 100m livre em piscina curta e longa, algo que nunca havia acontecido na história do esporte. No ano passado, no Mundial de Roma o brasileiro também trouxe para casa a dobradinha dourada nas duas provas.

Satiro Sodré/Divulgação CBDA
Observado por Gilot e Lobintsev, Cielo comemora a conquista de mais um ouro


Leia mais sobre: César Cielo Campeonato Mundial Piscina Curta Ouro Dubai Emirados Árabes Unidos Felipe França Kaio Márcio

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

César Cielo mostra sua medalha de ouro conquistada nos 100m livre do Mundial de piscina curta, em...

César Cielo
Nadador ganhou ouro nos 50m e nos 100m livre, além de um bronze no revezamento 4x100m livre

Topo
Contador de notícias