iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

27/10 - 13:33

Seleção brasileira de judô embarca para a Turquia nesta quarta

Brasil vai disputar o Campeonato Mundial por equipes. Delegação tem como destaques Flávio Canto, Leandro Cunha e Mayra Aguiar

Gazeta Esportiva

A seleção brasileira de judô embarca nesta quarta-feira para a Turquia, onde disputa o Campeonato Mundial por equipes. A seleção masculina, que foi prata em 1998 e bronze em 2008, busca mais uma medalha, enquanto as mulheres têm como melhor resultado um quinto lugar em 1998.

Pelo regulamento, há combates em cinco pesos para homens/mulheres: até 66kg/até 52kg, 73kg/57kg, 81kg/63kg, 90kg/70kg e acima de 90kg/acima de 70kg.

O treinador Luiz Shinohara convocou para a competição praticamente a mesma equipe que representou o Brasil no Mundial Sênior, em Tóquio, em setembro, incluindo o vice-campeão mundial Leandro Cunha (66kg). Ao lado de Cunha estão Alex Pombo (66kg), Bruno Mendonça (73kg), Flávio Canto (81kg), Rodrigo Luna (90kg), Rafael Silva (+90kg) e David Moura (+90kg).

No feminino, a técnica Rosicléia Campos terá à disposição Erika Miranda (52kg), Rafaela Silva (57kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg), Nadia Merli (70kg), Mayra Aguiar (+78kg) e Maria Suellen Altheman (+78kg). Nadia Merli e a campeã mundial júnior e vice-campeã mundial sênior este ano, Mayra Aguiar, que estavam com a Seleção sub 20 no Mundial do Marrocos, encontram a delegação direto na Europa.

"Vou para meu primeiro Mundial pela seleção brasileira e estou muito feliz. Tenho feito um bom trabalho no clube e acreditava que poderia vir a ser chamado. Mas subi agora de peso e confesso que essa convocação me pegou de surpresa", afirmou Rodrigo Luna, da Sogipa, que substitui Tiago Camilo e Hugo Pessanha, lesionados.

"O Grand Prix foi muito bom para manter ritmo de luta e a adrenalina alta para o Mundial", acrescenta o meio-leve Alex Pombo, do Barueri, quarto colocado no Grand Prix Nacional no último domingo (a Sogipa de Luna foi vice), outro novato na equipe.

Com duas importantes conquistas na temporada (prata no Mundial de Tóquio e ouro no Mundial Sub-20 em Agadir), a meio-pesado Mayra Aguiar está motivada.

"Cumpri um grande objetivo na minha carreira, que era ser campeã mundial júnior e, agora, terei outro grande desafio que será lutar um Mundial por equipes. Ainda não sei muito quais adversárias terei pela frente, mas preciso ter cautela, principalmente pela diferença de peso", comentou a judoca gaúcha de 19 anos, que competirá na categoria pesado.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias