iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

27/10 - 21:15

Joinville desiste de sediar Mundial de Handebol feminino em 2011

Autoridades locais alegam não terem recebido ainda o caderno de encargos da Federação Internacional de Handebol

Gazeta Esportiva

A cidade de Joinville pegou a Confederação Brasileira de Handebol (CBHd) de surpresa ao comunicar que desistiu de ser uma das sub-sedes do Mundial feminino da categoria, que será realizado entre 3 e 18 de dezembro de 2011. As autoridades locais alegam ainda não terem recebido ainda o caderno de encargos da Federação Internacional de Handebol (IFH, na siga em inglês).

A cidade de Joinville pegou a Confederação Brasileira de Handebol (CBHd) de surpresa ao comunicar que desistiu de ser uma das sub-sedes do Mundial feminino da categoria, que será realizado entre 3 e 18 de dezembro de 2011. As autoridades locais alegam ainda não terem recebido o caderno de encargos da Federação Internacional de Handebol (IFH).

A desistência de receber o Mundial vem acompanhada da confirmação de que a cidade receberá as Olimpíadas Escolares para atletas de 15 a 17 anos, de 2 a 11 de dezembro de 2011. Balneário Camboriú, Brusque, Florianópolis e São José seguem como outras sedes do Mundial.

"Temos praticamente fechado o orçamento para o ano que vem. Receberíamos R$ 1 milhão para receber o Mundial, mas, sem ter clareza do caderno de encargos - o número de pessoas que receberemos, dados relativos a alimentação, transporte, traslado interno, entre outros -, achamos por bem desistir, com antecedência de 15 meses do início da competição", explicou o presidente da Fundação de Esportes, Lazer e Eventos de Joinville (Felej), Jorge Luís do Nascimento.

A CBHd nega a versão, enquanto aguarda um diálogo entre a Secretaria de Esportes e Lazer de Santa Catarina e as autoridades de Joinville. Segundo o presidente da confederação, Manoel Luiz Oliveira, todas as exigências foram entregues às cidades desde o momento da candidatura. Apesar do conflito, ele garante que o Mundial não será corre risco de ser afetado.

"Recebemos o comunicado com tristeza. Creio que o impedimento seja a realização das Olimpíadas Escolares em período próximo, só que a data do Mundial é conhecida desde sempre, nunca mudou", estranha o dirigente, que já estuda a inclusão de Blumenau - cuja candidatura inicialmente não foi aprovada - como sede, ocupando a vaga deixada por Joinville.

"Blumenau, que tem uma grande tradição no handebol e recebeu os treinos da seleção feminina no ano interio, ficou de fora inicialmente por uma questão de arena, hotéis, mas eles estão se mobilizando para resolver isso. Já vinhamos tentando solucionar essa questão para que Blumenau entrasse como uma sede a mais, não como substituta", finalizou Oliveira.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias