iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

26/10 - 19:08

Ana Marcela, enfim, festeja título da maratona aquática

"Aos poucos, a ficha vai caindo, agora que eu estou percebendo, depois que eu cheguei aqui e tinha toda aquela galera", contou a santista

Agência Estado

Aos 18 anos, a baiana Ana Marcela Cunha foi recebida nesta terça-feira com festa em Santos, onde mora há quatro anos. Com direito a dois batedores da Polícia Militar, a nadadora desfilou em carro aberto por mais de uma hora pela cidade, sendo aplaudida à medida que era anunciado em um alto falante que por ali passava a nova campeã da Copa do Mundo de Maratona Aquática.

"Aos poucos, a ficha vai caindo, agora que eu estou percebendo, depois que eu cheguei aqui e tinha toda aquela galera", contou Ana Marcela, cujo título foi garantido no último sábado, quando ganhou bronze na oitava e última etapa da Copa do Mundo, nos Emirados Árabes Unidos. No dia da conquista, porém, ela pouco comemorou, diante da tragédia da morte do nadador norte-americano Fran Crippen.

Em Al Fujairah, no sábado, Ana Marcela concluiu os dez quilômetros de natação pelas águas quentes do Mar de Omã em terceiro lugar. Foi a quinta vez que ela subiu ao pódio ao longo competição de 2010, sendo que duas vezes no lugar mais alto: conquistou ouro na etapa de estreia, em Santos, e também na prova de outubro, em Cancún, no México.

"Na China, eu não nadei bem, senti muito o calor, não estava acostumada e daí fiquei em nono", lembrou a nadadora, ao explicar seu pior desempenho na Copa do Mundo, durante a disputa realizada em 25 de agosto.

Segundo ela, entretanto, foi a experiência da China com água em torno de 32ºC que a ajudou a montar a estratégia para enfrentar os 30ºC da prova nos Emirados Árabes. "A gente priorizou a hidratação, se alimentou bastante durante a prova, com carboidratos, e tentou se poupar, guardar forças para o final", explicou a jovem nadadora.

Com tantas viagens ao redor do mundo, Ana Marcela garantiu que não tem tempo namorar. Ela também acabou trancando a matrícula do curso de Educação Física, mas afirma que pretende retornar no próximo ano, quando priorizará o Campeonato Mundial, a ser disputado em julho, em Xangai. "A gente está treinando para isso. No ano que vem, a gente não vai ter a Copa do mundo como preferência", afirmou a nadadora, que foi a quinta colocada na maratona aquática na Olimpíada de Pequim, em 2008.

Ana Marcela, entretanto, prefere ainda não divulgar suas metas e sonhos para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. "O objetivo será se classificar e, assim que eu pegar a vaga, posso começar a falar alguma coisa em termos de colocação", avisou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias