iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

14/10 - 13:40

Em desembarque no Brasil, Hypólito lamenta ficar fora do Mundial

"É um ano que eu estou bem, vinha de bons resultados", lamentou o ginasta, que passou por cirurgia complicada no tornozelo

Gazeta Esportiva

Nesta quinta-feira, Diego Hypólito desembarcou no Brasil depois de passar por uma cirurgia no tornozelo esquerdo na Suíça. O ginasta foi recebido por amigos e familiares, mas não escondeu a decepção em ter que ficar de fora do Mundial, que será realizado em Roterdã, na Holanda, a partir do dia 16.

"É muito ruim saber que vou ficar fora do Mundial. Por mais que eu já soubesse, é um ano que eu estou bem, vinha de bons resultados. Estou feliz por ter o apoio de todo mundo e ao mesmo tempo estou triste porque tem esse processo que é difícil, do pós-cirúrgico. Tenho que ter a cabeça no lugar", disse Diego.

O atleta desembarcou no Rio de Janeiro acompanhado do irmão mais velho e do médico Robson De Bem, que esteve ao seu lado em todas as etapas da cirurgia. "Essa foi a pior lesão de Diego. Ele tem uma característica que é muito importante: a rápida recuperação. Nós já começamos um trabalho de reabilitação na Suíça, até os médicos de lá ficaram impressionados com essa melhora dele", afirmou Robson.

Na Suíça, Diego passou por uma artroscopia para retirar os fragmentos dos ossos e teve que reconstruir os ligamentos interno e externo do tornozelo esquerdo, procedimento complicado que consiste na retirada de parte do tendão das duas pernas para fazer um enxerto. A cirurgia foi considerada um sucesso e estima-se que o ginasta possa voltar aos treinos em três meses.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias