iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

04/10 - 16:20

Bancada dos esportistas eleitos conta só com atletas do futebol
Ex-goleiro do Grêmio, Danrlei foi eleito com mais de 170 mil votos. Mas muitos ex-atletas ficaram de fora e não tiveram sucesso nas urnas

Mário André Monteiro, iG São Paulo

Nas eleições de 2010, diversos ex-atletas se candidataram a cargos de deputado estadual e deputado federal. Alguns foram eleitos, outros não. E os seis únicos que conseguiram sucesso nas urnas são ex-jogadores de futebol: Danrlei, Romário, Roberto Dinamite, Marques, Bebeto e João Leite.

O ex-goleiro do Grêmio foi o que conseguiu o maior número de votos entre os esportistas. Apoiado pela torcida tricolor, Danrlei foi o quarto deputado federal no Rio Grande do Sul com mais de 170 mil votos. Ele superou até mesmo a expressiva votação de Romário no Rio de Janeiro. Eleito para o mesmo cargo que o gremista, o atacante campeão da Copa de 1994 obteve mais de 146 mil votos e ficou na sexta colocação do estado.

Já Bebeto, ex-companheiro de Romário na seleção, teve menos de 30 mil votos, mas foi eleito deputado estadual pelo PDT graças ao apresentador de TV Wagner Montes, que teve mais de 500 mil votos e puxou alguns candidatos por conta do quociente eleitoral - soma dos votos da legenda e dos candidatos dividida pelas vagas de cada estado. Este número determina a quantidade de votos que um deputado precisa para se eleger, e o excedente é distribuído entre outros candidatos do partido e chapas coligadas.

Gazeta Press
Danrlei liderou os esportistas e foi eleito no Rio Grande do Sul

Além deles, outros dois ex-atacantes conseguiram vencer nas eleições. Roberto Dinamite, atual presidente do Vasco, conseguiu quase 40 mil votos e teve um lugar garantido na Assembléia Legislativa ao lado de Bebeto. Em Minas Gerais, Marques, que brilhou com a camisa do Atlético-MG, teve mais de 150 mil votos e se elegeu deputado estadual.

Outro jogador com passagem de sucesso pelo clube mineiro também foi eleito. O ex-goleiro João Leite, que está envolvido com a política desde o início da década de 1990, recebeu quase 85 mil votos como deputado estadual. Outro ídolo da torcida atleticana, porém, fracassou na eleição. O ex-atacante Reinaldo, atualmente vereador de Belo Horizonte, perdeu a disputa para o cargo de deputado federal.

Diversos outros nomes do futebol também se candidataram e fracassaram nas urnas, como nos casos dos ex-corintianos Marcelinho Carioca, Vampeta e Dinei. Além deles, Túlio Maravilha, ex-Goiás e Botafogo, Harlei, atual goleiro do Goiás, Robgol, ex-Paysandu, Nunes, ex-Flamengo, Deley, ex-Fluminense, e Ademir da Guia, ex-Palmeiras, não conseguiram se eleger.

Se a lista de atletas do futebol não-eleitos é grande, a de esportistas de outras modalidades que também fracassaram não fica muito atrás. Nenhum dos candidatos sem ligação com o futebol que se candidataram recebeu o número de votos necessário para vencer. Na Bahia, o ex-boxeador Popó teve votação significativa, mas não conseguiu se eleger deputado federal. Maguila, também do pugilismo, que tentou se tornar deputado federal por São Paulo, não teve sucesso.

A ex-nadadora Rebeca Gusmão, banida do esporte após um polêmico caso de doping, não conseguiu se eleger deputada distrital no Distrito Federal ao receber apenas 437 votos. Já o ex-jogador de vôlei Pampa não se elegeu deputado federal em São Paulo. A corredora Maria Zeferina Baldaia, campeã da São Silvestre em 2001, perdeu a disputa estadual em São Paulo.

Gazeta Press
Rebeca Gusmão não conseguiu ser eleita no Distrito Federal


Veja a lista dos esportistas que foram eleitos
:

Deputado Federal
Danrlei (Futebol) - PTB / Rio Grande do Sul - 173.787 votos
Romário (Futebol) - PSB / Rio de Janeiro - 146.859 votos 

Deputado Estadual
Marques (Futebol) - PTB / Minas Gerais - 153.225 votos
João Leite (Futebol) - PSDB / Minas Gerais - 84.316 votos
Roberto Dinamite (Futebol) - PMDB / Rio de Janeiro - 39.730 votos
Bebeto (Futebol) - PDT / Rio de Janeiro - 28.328 votos


Veja a lista dos esportistas que fracassaram
:

Deputado Federal
Deley (Futebol) - PSC / Rio de Janeiro - 66.532 votos
Marcelinho Carioca (Futebol) - PSB / São Paulo - 62.399 votos
Popó (Boxe) - PRB / Bahia - 60.338 votos
Reinaldo (Futebol) - PV / Minas Gerais - 22.201 votos
Eurico Miranda (Futebol) - PP / Rio de Janeiro - 17.228 votos
Vampeta (Futebol) - PTB / São Paulo - 15.300 votos
Pampa (Vôlei) - PV / São Paulo - 7.342 votos
Maguila (Boxe) - PTN / São Paulo - 2.951 votos
Barbosa (Basquete) - PDT / São Paulo - 2.687 votos
Adílio (Futebol) - PTC / Rio de Janeiro - 0 votos (Ficha Limpa)

Deputado Estadual
Maria Zeferina Baldaia (Atletismo) PSDB / São Paulo - 37.814 votos
Dinei (Futebol) - PDT / São Paulo - 18.276 votos
Ademir da Guia (Futebol) - PPS / São Paulo - 17.196 votos
Georgette Vidor (Ginástica) - PPS / Rio de Janeiro - 15.320 votos
Robgol (Futebol) - PDT / Pará - 11.814 votos
Túlio Maravilha (Futebol) - PMDB / Goiás - 4.526 votos
Valdir Espinosa (Futebol) - PDT / Rio de Janeiro - 2.292 votos
Nunes (Futebol) - PR / Rio de Janeiro - 1.027 votos
Rebeca Gusmão (Natação) - PC do B / Distrito Federal - 437 votos
Harlei (Futebol) - PSDB / Goiás - 167 votos


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Romário

Romário
Ex-atacante em campanha no Rio. Com quase 147 mil votos, atleta foi eleito deputado federal

Topo
Contador de notícias