iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

14/09 - 11:18

Ofendida por time de futebol americano, repórter mexicana ganha desculpas e se defende
Inés Sainz foi provocada por treinadores e jogadores do New York Jets por estar vestindo "roupas ousadas". Jornalista diz que "não quer criar caso"

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo

A repórter mexicana Inés Sainz, da “TV Azteca”, ganhou na segunda-feira um pedido de desculpas do time de futebol americano New York Jets. A jornalista foi provocada e ofendida por técnicos e jogadores da equipe por estar vestindo "roupas inadequadas” em um treinamento. O fato ocorreu no último domingo (11), quando Inés esperava o final dos trabalhos da equipe para entrevistar o quarterback Mark Sánchez, de ascendência mexicana. Ela foi até o vestiário do time para fazer a matéria, mas foi expulsa pelos jogadores sob xingamentos.

“Não quero criar caso com isso. Tenho confiança na NFL (Liga Nacional de Futebol-Americano, na sigla em inglês) e na diretoria do Jets, e sei que isso vai servir como precedente para que nunca aconteça com outra mulher”, disse Inés, que tem no currículo coberturas de grandes eventos, como o Super Bowl (final do campeonato de futebol americano) e a Copa do Mundo de futebol.

AP
Inés brinca com Steve Breaston, do Arizona Cardinals, durante o Super Bowl de 2009

O pedido de desculpas foi feito pelo próprio presidente do do clube nova-iorquino, Woody Johnson, que disse esperar que “todos os membros dos Jets se comportem de uma maneira profissional em todos os momentos”.

Durante o treino em que foi ofendida, Inés Sainz quase foi alvo de boladas arremessadas pelo treinador Dennis Thurman e agarradas pelo jogador Jason Taylor. A repórter disse que sabia estar sendo provocada, mas preferiu mostrar que não estava se importando com as provocações. “Tentei ignorar, nem mesmo dei atenção a isso”, disse.

Em seu Twitter (@inessainzg), a jornalista também se defendeu sobre a questão das “roupas inadequadas”: “Uma calça jeans e uma camiseta branca de botões com um par de botas não têm nada de inapropriado”, disse Inés, conhecida por ser bem humorada e por realizar ensaios fotográficos sensuais. Pela rede social, ela também agradeceu o apoio de seus seguidores e da mídia, que, segundo ela, ficaram ao seu lado no ocorrido.

Reprodução
A musa Inés Sainz alterna o trabalho de jornalista com os ensaios fotográficos

New York Jets perde na estreia da NFL
Depois da polêmica com Inés Sainz, o New York Jets não começou bem sua temporada no campeonato nacional de futebol americano. A equipe jogou pela primeira vez em sua nova casa, o estádio New Meadowlands, mas não conseguiu passar pelo Baltimore Ravens.

O time de Nova York saiu derrotada por 10 a 9, sem conseguir nenhum touchdown (pontuação máxima do futebol americano, quando um jogador consegue cruzar a linha do final do campo com a bola dominada) no duelo.

O estádio em que foi realizada a partida o mesmo em que a seleção brasileira enfrentou os Estados Unidos no futebol, na estreia de Mano Menezes. O jogo terminou em 2 a 0 para o Brasil, com gols de Neymar e Alexandre Pato (relembre).

A repórter mexicana Inés Sainz abusou
dos trajes na hora da entrevista?

SIM

NÃO



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

*Com AP


Leia mais sobre: Inés Sainz New York Jets NFL Futebol Americano Woody Johnson

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reprodução

Inés Sainz, repórter mexicana xingada por jogadores e técnicos do New York Jets, time de futebol ...

Inés Sainz
Repórter colocou em seu Twitter uma foto da roupa que estava usando quando foi ofendida

Topo
Contador de notícias