iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

25/08 - 08:54, atualizada às 13:00 25/08

Brasil é ouro no boxe e bronze no handebol nos Jogos da Juventude

A medalha de David Lourenço da Costa é a primeira conquistada do boxe brasileiro em todos os tipos de Olimpíada

Gazeta Esportiva

A delegação brasileira nos Jogos Olímpicos da Juventude conseguiu mais duas medalhas nesta manhã de quarta-feira: no boxe, o médio ligeiro David Lourenço da Costa faturou o ouro, enquanto a equipe de handebol feminino ficou com o bronze.

Campeão mundial juvenil ao vencer o uzbeque Ahmad Mamadjanov em maio, David bateu o mesmo rival, desta vez por 7 a 3, para subir ao ponto mais alto do pódio. Anteriormente, ele havia superado outros dois adversários na disputa em Cingapura.

Trata-se da primeira medalha dourada do boxe brasileiro em todos os tipos de Olimpíada. Na disputa adulta, o peso mosca Servílio de Oliveira obteve o bronze na Cidade do México-1968.

Além deste ouro, o Brasil têm outros dois primeiros lugares nos Jogos de Cingapura, ambas de Caio Cézar Fernandes dos Santos, que triunfou no salto em distância e no revezamento medley, onde competiu ao lado de outros atletas das Américas.

Handebol

O Brasil também foi premiado no handebol: com uma vitória por 45 a 23 sobre o Cazaquistão, a seleção feminina ganhou o bronze. O destaque da seleção foi Francielle da Rocha, artilheira com 13 gols. Juliana de Araújo também foi importante para a vitória, com 10 bolas na rede. Os outros gols brasileiros foram marcados por Thayanne (4), Keila (3), Fernanda (2), Patrícia (3), Larissa (7), Hannah (1) e Mirian (1).

Divulgação
Brasil comemora bronze no handebol nos Jogos da Juventude

O técnico da seleção Morten Soubak elogiou as jovens jogadoras depois da conquista do bronze em Cingapura. "Estamos muito felizes e satisfeitos por termos vencido o Cazaquistão. Essa primeira medalha olímpica do handebol nos deixa muito orgulhosos. É o resultado do trabalho que vem sendo realizado para colocar o Brasil definitivamente no cenário internacional”, disse Soubak.

A medalha de ouro entre as mulheres ficou com a Dinamarca, que venceu a Rússia por 28 a 26.

Entre os meninos, a sorte não foi a mesma e o terceiro lugar acabou perdido com a derrota por 40 a 25 ante a França. A seleção europeia é referência no handebol adulto, dona dos títulos olímpico, mundial e europeu. Os jovens seguem o mesmo caminho e deram trabalho ao Brasil.

Depois da derrota, o técnico Ivan Mazieiro analisou a competição. Para ele, alcançar à semifinal já foi um resultado importante para a modalidade. "A França é uma equipe muito forte e tem grande tradição no esporte. O fato de termos chegado a uma semifinal foi uma grande conquista e ganhar uma medalha iria coroar o nosso trabalho. Mas esses resultados negativos que tivemos na reta final mostrou que temos de trabalhar ainda mais para corrigir esses erros", afirmou o técnico.

A seleção do Egito ficou com o ouro no handebol masculino nos Jogos Olímpicos da Juventude. Eles venceram a Coreia por 35 a 25 na decisão em Cingapura.


Leia mais sobre: Jogos Olímpicos da Juventude handebol boxe

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Getty Images

us handebol jogos da juventude

Handebol
Seleção feminina comemora com a assistente técnica Yvonete Fagundes o bronze em Cingapura

Topo
Contador de notícias