iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

07/06 - 16:23

COI quer evitar acidente fatal em Olimpíada de Inverno
Uma das providências que serão adotadas é contratar um especialista para analisar a pista que será palco da competição da modalidade em Sochi

Agência Estado

O presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), Jacques Rogge, afirmou nesta segunda-feira que tomará todas as medidas necessárias para evitar um acidente fatal durante a Olimpíada de Inverno de 2014, que será realizada em Sochi, na Rússia. A entidade sofreu um baque em fevereiro deste ano, quando o georgiano Nodar Kumaritashvili faleceu durante a competição de luge nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Vancouver.

Uma das providências que serão adotadas é contratar um especialista para analisar a pista que será palco da competição da modalidade em Sochi. "Nós estaremos juntos com as federações de luge e bobsled para adotar as medidas cabíveis para evitar um trágico acidente como o que ocorreu com Nodar Kumaritashvili" disse Rogge, que está na Rússia para se reunir com os organizadores da Olimpíada de 2014 e também para avaliar o andamento das obras das instalações da sede.

Apesar de estar bem no início das construções, o primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, garantiu ao presidente do COI que, até o final do ano, metade das arenas previstas para os Jogos Olímpicos estarão completadas. O político russo vem sofrendo críticas quanto ao aumento nos gasto para promover o evento.

A imprensa local informou que os custos poderão superar dezenas de bilhões de dólares. Putin deu a sua versão. "Apenas 20% dos custos dos projetos estão relacionadas aos estádios olímpicos, enquanto 80% são voltados para a infraestrutura da região", explicou o primeiro-ministro da Rússia.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias