iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

27/05 - 18:45

Judocas sobem até 20 posições no ranking após Grand Slam

Lista servirá para definir os cabeças de chave na Copa do Mundo de São Paulo, neste próximo final de semana

Gazeta Esportiva

Competir em casa foi uma vantagem muito bem aproveitada pelos judocas brasileiros na primeira parada do Circuito Mundial da Federação Internacional de Judô em tatames nacionais. Com os bons resultados (um ouro, uma prata, quatro bronzes e nove quintos lugares) os judocas brasileiros ganharam até 20 posições no ranking mundial que servirá para definir os cabeças de chave na Copa do Mundo de São Paulo, neste final de semana (29 e 30 de maio) no ginásio da Hebraica. A lista também vale para a classificação para os Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Campeão no Grand Slam carioca, Hugo Pessanha é o brasileiro mais bem colocado no ranking, com o quarto melhor posto do mundo dentre os judocas peso médio. Com o nome não tão conhecido no esporte brasileiro, ele refuta o status de revelação do judô nacional.

"Podem até pensar que sou uma surpresa, mas não é bem assim. Desde que o ranking mundial teve início estou no bolo dos atletas classificados para as Olimpíadas, mas nunca despontei na pontuação ou havia vencido uma competição grande. Agora é trabalhar mais, porque sei que vou ser estudado e deixei de ser apenas mais aquele cara do Brasil que, de vez em quando, aparece nas competições", avalia Pessanha, que antes da competição era o sétimo da categoria.

A medalha de bronze de Mariana Silva no meio-médio a levou 16 posições adiante na lista. Saiu da 37ª para a 21ª colocação, e comemorou demais o upgrade pessoal e profissional. "É muito gratificante saber que o resultado que conquistei colocou pela primeira vez a categoria dentro do ranqueamento Olímpico. Estou feliz e para mim serve de incentivo para seguir conquistando bons resultados nos próximos torneios", diz a jovem judoca.

Quem também praticamente transformou em vaga olímpica sua medalha foi a pesado Maria Suellen Altheman, que subiu 12 posições e agora está em 17º (se classificam as 14 melhores, sendo apenas uma por país). "Com certeza esta prata que conquistei faz a diferença não só para mim, mas também para todas as brasileiras da categoria, pois há duas Olimpíadas não nos classificamos no pesado feminino. Como todo atleta tenho o sonho de ir numa Olimpíada e sei que para isso é preciso muito trabalho", comenta Altheman.

Confira a programação da Copa do Mundo de Judô:

Sexta-feira (28)
09h30 - Treinamento Brasil, no Ginásio da Hebraica
11h00 - Abertura Oficial, no Ginásio da Hebraica, com presença de toda equipe do Brasil e autoridades
14h00 - Sorteio das Chaves, no hotel Meliá Jardim Europa - R. João Cachoeira 107 (São Paulo)

Sábado (29)
09h30 - Eliminatórias dos 60kg, 66kg, 73kg, 48kg, 52kg, 57kg, 63kg (repescagem para os perdedores nas quartas-de-final)
16h00 - Fase final

Domingo (30)
09h30 - Eliminatórias dos 81kg, 90kg, 100kg, +100kg, 70kg, 78kg, +78kg (repescagem para os perdedores nas quartas-de-final)
16h00 - Fase final


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias