iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

10/12 - 16:01

Brasil estreia nesta sexta-feira no Grand Slam de Tóquio
Na competição serão aplicadas as novas regras estabelecidas pela Federação Internacional de Judô

Gazeta Esportiva

TÓQUIO (Japão) - A seleção brasileira de judô levou uma grande delegação para disputar o Grand Slam de Tóquio, no Japão, a partir desta sexta-feira. A competição marca o encerramento da temporada 2009 pela Federação Internacional de Judô. O torneio valerá pontos para a contagem do ranking mundial, e ainda irá render US$ 150 mil em prêmios.

O técnico do Brasil, Ney Wilson, convocou os lutadores Felipe Kitadai (categoria até 60kg), Leandro  Cunha (até 66kg), Leandro Guilheiro (até 81kg), Hugo Pessanha (até 90kg), Luciano Corrêa (até 100kg), Leonardo Leite (até 100kg), Walter Santos (acima de 100kg), Sarah Menezes (até 48kg), Erika Miranda  (até 52kg), Raquel Silva (até 52kg), Ketleyn Quadros (até 57kg), Danielli Yuri (até 63kg), Mariana Silva (até 63kg), Mayra Aguiar (até 78kg) e Maria Suellen (acima de 78kg).

Assim como no Campeonato Mundial Sub-20, no Grand Slam de Tóquio serão aplicadas as novas regras estabelecidas pela Federação Internacional de Judô. Serão proibidos ataques diretos, com as mãos, abaixo da altura da faixa. A primeira infração será passível de punição, e a segunda ocasionará a eliminação do atleta.

O técnico da seleção brasileira comentou o fato de o Brasil ir com força máxima na medida do possível, com a lesão de João Derly, para que o bom nível do evento fortaleça seus lutadores.

"Está todo mundo aqui. O número de atletas e países até chegou a me surpreender, levando em conta o que vinha acontecendo ao longo do ano. Vai ser uma competição de excelente nível e o Brasil também veio com uma boa equipe", completou o treinador, que analisou as dificuldades que os atletas terão no campeonato.

"Caímos em algumas chaves bem complicadas, outras razoáveis e outras boas, como em qualquer competição. O Japão vem com quatro atletas por ser dono da casa. Embora tenha alguns desconhecidos, japonês é sempre japonês", brincou Wilson.

No início do torneio, nesta sexta-feira, competem Felipe Kitadai, Leandro Cunha, Mayra Aguiar e Maria Suellen. Kitadai enfrenta na estreia o japonês Hiroaki Hiraoka. Mayra Aguiar também terá uma atleta local como adversária na primeira luta: Tomomi Okamura. Já Maria Suelen pega Franziska Konitz, da Alemanha.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias