iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

18/11 - 16:04

Brasil passa sufoco, consegue virada e segue invicto na areia

Seleção brasileira de Beach Soccer venceu a Suíça por por 4 a 2, graças à Benjamin e o goleiro Mão

Gazeta Esportiva

DOHA (Catar) - Não foi fácil, mas terceira vitória na Copa do Mundo de futebol de areia veio para o Brasil. Contra a Suíça e defendendo uma invencibilidade de três anos e meio, o time do técnico Alexandre Soares levou sustos, mas conseguiu vencer por 4 a 2, graças à Benjamin e o goleiro Mão.

No primeiro tempo o Brasil foi pior. Sim, depois de golear a Nigéria por 11 a 5 e o Bahrein por 8 a 1, o time brasileiro não se encontrou na partida e viu a Suíça dominar o jogo, principalmente nas jogadas com Stankovic, que abriu o placar após 41 segundos de jogo.

A desvantagem só não foi maior por causa do talento individual do goleiro Mão, que, quando pressionado, correspondeu às expectativas. Talento e futebol brasileiro, aliás, são termos que sempre se encontram. Que o diga Benjamin, que recebeu passe do camisa 1, driblou dois jogadores e acertou um belo chute no canto de Valentin Jarggy. Golaço.

Se no primeiro tempo Mão pegou tudo, na segunda etapa foi a vez do suíço Jarggy. O camisa 12 da Suíça foi bombardeado por Sidney, Daniel, Bruno e André. Pegou tudo. O domínio dos brasileiros na segunda etapa não alterou o placar do jogo.

No começo do terceiro tempo, Stankovic subiu de cabeça junto com Bueno e, mesmo de costas, conseguiu tocar na bola e encobrir o goleiro Mão, colocando os suíços na frente outra vez.

Mas o Brasil é tricampeão mundial sem perder nenhum jogo. E quando não dá na técnica, é na sorte, na raça. Em uma reposição errada de Jarggy, André foi esperto e só empurrou para as redes. Na sequência, o zagueiro Kaspar colocou a mão na bola dentro da área: pênalti. Benjamin deu um toque sutil, sem força, colocou os brasileiros na frente.

Em desvantagem, a Suíça foi para cima enquanto o Brasil esperava um contra ataque. Os atuais campeões tentavam segurar o resultado e prender a bola, até que Bruno Malias recebeu de frente para Valentin Jarggy, um dos destaques do jogo. Tranquilo, artilheiro brasileiro dominou, driblou, ajeitou e chutou para marcar o quarto.


Leia mais sobre: seleção brasileira Futebol de areia Copa do Mundo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AFP

us brasil

Futebol de areia
Sidney disputa bola com Dominik Ziegler, da Suíça, em jogo duro para a seleção brasileira

Topo
Contador de notícias