iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

13/11 - 20:31

Torneio começa sábado com medalhistas olímpicas e mundiais
Com presença de medalhistas olímpicas e campeãs mundiais em categorias inferiores, as lutas começam às 9h30

Gazeta Esportiva

BRASÍLIA - Principal competição de clubes do Brasil, o Grand Prix Feminino será realizado neste final de semana, em Brasília. Com presença de medalhistas olímpicas e campeãs mundiais em categorias inferiores, as lutas começam às 9h30, no Ginásio de Esportes do Cruzeiro.

Primeira mulher a ganhar medalha olímpica em um esporte individual, Ketleyn Quadros está confirmada na competição. Assim como a colombiana Yuri Alvear, única sul-americana campeã mundial sênior, e Sarah Menezes, dona do título inédito de bicampeã mundial júnior.

Flávia Gomes, campeã em sua estreia no Mundial Juvenil, tem apenas 15 anos e é uma das esperanças do judô brasileiros na Olimpíada de 2016. Nomes como Érika Miranda, bronze no Grand Slam do Rio de Janeiro, Danielle Yuri, prata no Pan-2007, e a experiente Edinanci Silva completam a galeria de destaques.

Para Danielli Yuri, bicampeã com o São Caetano, o reforço de Edinanci pode ser decisivo. A experiente judoca voltou há um mês, no Campeonato Brasileiro disputado em Vitória-ES, e conquistou o título com vitórias por ippon em todos os seus combates.

"A Edinanci faz com o que a equipe ganhe mais segurança, pois sabemos que é uma categoria onde o São Caetano pode pontuar nos confrontos com mais tranquilidade. Temos um grupo maior que em 2008 e, com certeza, desta vez teremos como traçar estratégias nos combates", explica Yuri.

Priscila Marques, bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007, volta ao Grand Prix após perder a última edição do evento em função de uma cirurgia no joelho. "Ano passado, chegamos à disputa de medalha, mas não subimos ao pódio. Esperamos que desta vez a história seja diferente. Vamos brigar pelo título", disse.

São Caetano, Minas Tênis, Espaço Futuro e Castelo Branco formam o Grupo A do Grand Prix. Pinheiros, Sogipa, Unisul e Betim compõem o Grupo B. Os dois primeiros avançam às semifinais. Em 2005, o Pinheiros foi campeão da primeira edição do torneio e o São Caetano faturou os dois campeonatos mais recentes.


Leia mais sobre: Grand Prix Feminino de judô

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias