iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

08/09 - 17:39

Maratonista brasileiro é pego no antidoping

Foi detectada a presença de prednisolona no sangue de Marcos Felix, suspenso por três meses

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O maratonista brasileiro Marcos Felix foi pego no exame antidoping realizado na IX Maratona de Santa Catarina, no dia 15 de abril. Segundo a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) foi detectada a presença de prednisolona no sangue do atleta, que foi suspenso por três meses, a partir do dia 3 de setembro.

De acordo com a entidade, Felix foi informado do resultado do exame em 30 de julho e já no dia seguinte apresentou suas justificativas, que não foram aceitas pela Confederação.

A prednisolona é um antiflamatório esteróide, normalmente utilizado em tratamentos contra dores e inflamação. A substância já foi protagonista de alguns casos de doping famosos, como o do judoca cubano paraolímpico Sergio Perez. Ele conquistou a medalha de ouro nas Paraolimpíadas de Atenas, em 2004, mas teve sua primeira colocação cassada quando saiu o resultado do exame. Apesar de perder a medalha, Perez não foi punido, pois a prednisolona não melhora o desempenho dos atletas.

Em outro caso mais recente, a jogadora de vôlei brasileira Grace, que defendia o Pamerode/ADP também foi flagrada com a substância em um teste. Em seu julgamento, ela alegou que a ingeriu acidentalmente, ao tomar dose excessiva de um remédio para tratamento de uma contusão. Ela foi absolvida pelo STJD, em maio deste ano.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias