iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

27/08 - 15:07

Guilheiro: "Esta derrota não vai me derrubar"
Roterdã-2009 foi o primeiro Mundial em que o medalhista de bronze nas Olimpíadas de Atenas-2004 e Pequim-2008 competiu sem estar sofrendo com nenhuma lesão

Gazeta Esportiva

ROTERDÃ (Holanda) - Apesar de não ter escondido a chateação por ter ficado de fora da luta por medalhas na categoria leve (até 73 quilos), o brasileiro Leandro Guilheiro promete que não vai se deixar abater pelo mau resultado.

"Vou tirar alguns dias para descansar. Fiz um trabalho que considero muito bom para este mundial. Só vivia para treinar. Tinha no meu quarto um calendário no qual eu segui à risca tudo o que estava planejado. Mas não vai ser esta derrota que vai me derrubar. Saio daqui já pensando em mudar a minha história com Mundiais no ano que vem", afirmou o atleta.

Roterdã-2009 foi o primeiro Mundial em que o medalhista de bronze nas Olimpíadas de Atenas-2004 e Pequim-2008 competiu sem estar sofrendo com nenhuma lesão. Ao todo foram seis cirurgias nos últimos anos: punho (2004), quadril (2004), ombro direito (2006), ombro esquerdo (2008), joelho (2008) e coluna (2008).

"Foi estranho. Eu acreditava que poderia ser campeão mundial hoje. Minha mente estava centrada nisso, mas meu corpo não seguiu. Quando fui dormir ontem, me sentia confiante e otimista", revelou Leandro. "Vou repensar tudo e talvez mudar a minha preparação", emendou.

Na Holanda, Guilheiro começou sua caminhada com ippons sobre o suíço David Papaux e o búlgaro Stefan Shopov. Nas oitavas de final, no entanto, ele tomou o golpe perfeito de Rinat Ibragimov, da Cazaquistão.

"Era um adversário perigoso e acabei ficando numa posição na luta contra ele onde não tinha opção para escapar do golpe. É uma pena, estou morto por dentro. Nos outros Mundiais eu não estava bem fisicamente e, desta vez, estava 100%. Ele teve méritos para sair vitorioso", reconheceu o brasileiro.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias