iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

13/08 - 15:53

Um ano depois do bronze olímpico, Ketleyn luta "em casa"
Ketleyn lutou pela última vez na V Copa Minas de Judô. Depois de terminar a disputa na segunda posição, a atleta passou a se concentrar nos treinamentos

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Há um ano e dois dias, em Pequim, Ketleyn Quadros se tornou a primeira mulher brasileira a conquistar uma medalha olímpica em um esporte individual. Pouco tempo depois da data histórica, ela participa do Campeonato Brasileiro Sub-23 na Arena do Minas Tênis Clube, sua casa.

"Estou no Minas há três anos. Já me sinto em casa. Disputar aqui é mais aconchegante. Estou familiarizada com o ambiente, com cada cantinho da Arena. Acredito que isso será um fator positivo ao meu favor", comentou a judoca, que entra em ação neste sábado.

Ketleyn lutou pela última vez na V Copa Minas de Judô. Depois de terminar a disputa na segunda posição, a atleta passou a se concentrar nos treinamentos. "Vinha embalada em uma sequência de competições. Quando estamos assim, as preparações são pesadas e a pressão é grande. Eu me cobro muito, também. Essa maratona cansa", disse.

Sem ter competições no calendário, a atleta mantém seu ritmo de treinamento, mas admite que consegue ficar mais tranquila. "A primeira competição será o Campeonato Sub-23 e quero conquistar um bom resultado", afirmou a medalhista de bronze nos Jogos de Pequim.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias