iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

30/07 - 13:42, atualizada às 22:36 30/07

César Cielo fatura ouro e quebra recorde mundial nos 100m livre
Cielo nadou a prova em 46s91 e estabeleceu a nova marca mundial na tarde desta quinta-feira na capital italiana

Redação iG Esporte


ROMA (Itália) - O brasileiro César Cielo faturou o ouro e ainda quebrou o recorde mundial na final dos 100m livre no torneio de natação do Mundial de Esportes Aquáticos, que é disputado em Roma, na Itália. Nesta quinta-feira, ele nadou a prova em 46s91. A prata foi para Alain Bernard, da França, com o tempo de 47s12. Para completar o pódio, o bronze ficou com Frederick Bousquet, também da França, que fez a prova em 47s25.

Logo depois de deixar a piscina, o novo campeão e recordista mundial disse que nadou um pouco acima do tempo que esperava, mas não está decepcionado com isso. "Era 46s89 [o tempo que tinha exposto em seu quarto], mas foi sensacional. São dois anos para dar um salto na carreira. Ganhar ouro para o Brasil não tem coisa melhor. É um sonho a ser realizado, é difícil falar", falou César Cielo ao canal SporTV.

O brasileiro também comentou que estava exausto após a conquista. "Estou doendo muito agora, fica difícil até de pensar, minha perna tá doendo bastante. Valeu a pena tudo. É emocionante ver a bandeira do Brasil lá em cima no pódio", disse.

Ele ainda lembrou o Pinheiros, equipe que defende na capital paulista, e a Confederação Brasileira de Desportes Aquáticos. "Quero agradecer ao clube Pinheiros pelo investimento, que é alto mas vale. E agradecer à CBDA também. No passado eu falei, mas fizeram tudo certinho neste ano", completou.

 

Reuters
Assim como em Pequim, Cielo chorou ao ouvir o hino brasileiro no pódio

"Agora é ficar pronto para os cinquentinha (50 metros livre). Esse Mundial terminando agora já estaria incrível para o Brasil, mais ainda tem mais por vir", disse o campeão olímpico - e mundial, agora.

Cielo escreveu seu nome na história na natação com o desempenho nos Jogos Olímpicos de Pequim nessa prova. Além do bronze nos 100m livre em Pequim, ele foi o primeiro brasileiro a conseguir uma medalha de ouro no evento, sua especialidade. No Mundial em Roma, ele vai nadar as eliminatórias dessa prova na manhã de sexta-feira. Se conseguir o tempo, vai para a briga por mais uma medalha na tarde de sábado.

Desempenho no Mundial
Cesar Cielo já havia ficado entre os primeiros colocados nas eliminatórias disputadas na manhã de quarta-feira. Depois de segurar o ritmo e passar apenas com o oitavo tempo (47s98) para as semifinais , o brasileiro foi o segundo colocado na bateria que valia a vaga para decisão. Cielo fez o tempo de 47s48. À sua frente, apenas o campeão olímpico Alain Bernard, com 47s27.

O brasileiro não teve a concorrência de Michael Phelps nesta final no Mundial de Esportes Aquáticos em Roma. O norte-americano desistiu de tentar índice nas seletivas nos Estados Unidos porque estava com torcicolo. Mesmo fora da briga, Phelps foi para a piscina e acompanhou as provas do dia das arquibancadas. Outro rival de peso, o australiano Eamon Sullivan, também não participou da disputa na Itália.

O ouro foi a primeira medalha de César Cielo no Mundial. Na primeira prova do nadador em Roma, ele abriu o revezamento 4x100m no final de semana, marcou o tempo de 47s09, mas o Brasil acabou fora do pódio, com o quarto lugar.

Nicolas Oliveira é oitavo
Nicolas Oliveira, o outro brasileiro na final do 100m livre no Mundial de Esportes Aquáticos não teve um bom desempenho. Depois de surpreender e se classificar para a final com o quarto tempo, o brasileiro ficou com o oitavo lugar na decisão, com o tempo de 48s01.


César Cielo comemora ouro no Mundial em Roma


Leia mais sobre: natação César Cielo Mundial de Esportes Aquáticos

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AFP

césar cielo leva ouro e bate recorde mundial 100m

César Cielo
Depois de virar a primeira parcial sem segundo, brasileiro se recuperou e venceu os 100m livre

Topo
Contador de notícias