iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

02/07 - 19:08

Vinícius brilha e Brasil está na semifinal do Grand Prix de futsal

Além do ala, Ciço, Ari, Wilde e Falcão marcaram para a seleção brasileria contra a Guatemala

Gazeta Esportiva

GOIÂNIA - Sem dar espaço para qualquer zebra, a seleção brasileira de futsal derrotou a Guatemala nesta quinta-feira por 8 a 2 e se garantiu na semifinal do Grand Prix da modalidade, realizado em Goiás.

O grande nome do Brasil foi o capitão Vinícius, responsável por quatro tentos. Além do ala, Ciço, Ari, Wilde e Falcão marcaram para os donos da casa. Ayala e Allan descontaram para o time da América Central.

Na busca por um lugar na decisão de domingo, o Brasil encara a Romênia, que surpreendeu ao despachar a favorita Argentina nos pênaltis por 4 a 2 após igualdade em três gols no tempo regulamentar e na prorrogação. O jogo será nesta sexta, às 20 horas (horário de Brasília), em Goiânia (GO).

No embalo da barulhenta torcida de Anápolis, os brasileiros começaram o jogo com tudo: com 40 segundos, Vinícius chutou forte, mas a bola saiu à direita do goleiro guatemalteco. Um minuto depois, entretanto, Ciço foi mais preciso e abriu o placar após receber passe do camisa sete.

Encurralados pelo Brasil na defesa, a Guatemala fazia o que podia e, em um rápido contra-ataque, o fixo Noj exigiu boa defesa de Franklin. A resposta dos donos da casa veio rapidamente e, em falha da defesa rival, Ciço quase marcou o seu segundo.

Ovacionado pelo público presente no ginásio Newton de Faria, Falcão entrou em quadra com cinco minutos de jogo e, em seu primeiro lance, deixou Carlinhos na cara do gol, mas o atleta desperdiçou a chance.

Seguindo com a tática de apertar a saída de bola da Guatemala, o Brasil finalmente chegou ao segundo gol. Após roubada de bola, o ala Ari deu um belo toque por cobertura, sem chances para o arqueiro adversário: 2 a 0 com sete minutos e meio de jogo.

Os guatemaltecos, porém, assustaram quando Juarez recebeu sozinho pela direita e acertou a trave de Franklin. Na sequência, o técnico Marcos Sorato pediu tempo técnico. Na volta, Falcão por pouco não fez de bicicleta, mas a bola bateu em um defensor rival.

Aos 14 minutos, o capitão Vinícius balançou as redes mais uma vez no Grand Prix: do meio da área e com um chute rasteiro à esquerda, ele não deu chance ao goleiro Ramirez. Pouco depois, em uma dividida de bola, o goleiro Franklin precisou de atendimento médico, mas seguiu no jogo, cujo primeiro tempo terminou em 3 a 0.

Logo no início do segundo tempo, um show de gols: com 2min15s, Vinícius marcou novamente em lance de oportunismo após pressão verde-amarela. No reinício, Wilde roubou a bola do rival e ampliou o placar para 5 a 0. A Guatemala conseguiu o seu logo em seguida, quando Ayala bateu uma bola alta e indefensável da esquerda.

Aos 11 minutos e meio, Valdin perdeu debaixo do gol, após cruzamento de Falcão. Os guatemaltecos fizeram mais um com Allan, em bom chute após escanteio. Vinícius, porém, não deixou barato e, em pane da defesa da Guatemala ampliou novamente. Em seguida, ele fez de novo, com um chute cruzado.

Os visitantes ainda tiveram duas chances de descontar. Com seis minutos para o fim, Lukaian ainda tento de voleio, arracando aplausos, assim como Falcão, que após humilhar os guatemaltecos quase fez o seu.

Em ritmo de show, Lukaian quase marcou de cobertura. Na sequência, porém, Falcão acertou um lindo voleio e deu números finais ao jogo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias