iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

13/06/2009 - 13:34

Sarah e Rafaela conquistam ouro na Copa do Mundo de judô em Madri
Sarah Menezes continua em forma impressionante na categoria abaixo de 48 kg; Rafaela Silva brilhou na categoria leve, com limite de peso até 57 kg

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - O judô feminino brasileiro conquistou neste sábado duas medalhas de ouro na etapa de Madri da Copa do Mundo. Atuais campeãs mundiais juvenis em suas respectivas categorias, a ligeiro Sarah Menezes e a leve Rafaela Silva mostraram um bom desempenho no torneio adulto e abriram com grande estilo a participação verde-amarela nos tatames espanhóis.

Campeã da etapa portuguesa há uma semana, Sarah Menezes continuou em forma impressionante na categoria abaixo de 48 kg: a judoca venceu as três lutas deste sábado por ippon, despachando desta forma a belga Amelie Rosseneu no primeiro combate, a norte-coreana Song Pak Ok nas semifinais e, por fim, a ucraniana Tetyana Lusnikova.

Já na categoria leve, com limite de peso até 57 kg, Rafaela Silva teve atuação muito semelhante e aplicou quatro golpes perfeitos em cinco lutas realizadas. Apenas a romena Stefania Andreea Chutu nas semifinais não recebeu ippon da brasileira, que passou para a decisão com um wazari. A luta do título foi contra outra romena: Corina Caprioriu.

Na mesma disputa leve vencida por Rafaela, outras duas judocas brasileiras estiveram em ação: Mariana Barros ficou na quinta posição e Ketleyn Quadros encerrou no sétimo lugar.

"A equipe feminina vem mostrando amadurecimento e, acima de tudo, o crescimento técnico das atletas", exaltou a técnica brasileira Rosicléia Campos. "Com atletas jovens, conquistamos o respeito e admiração dos outros países. A Confederação Brasileira de Judô e a comissão técnica acertaram em investir nesta equipe jovem, dando a oportunidade do crescimento em competições de alto nível", acrescentou.

Neste domingo, outras três lutadoras brasileiras atuam na Copa do Mundo de Madri: Danielli Yuri e Camila Minakawa disputam a categoria meio-médio, até 63 kg. Já Natália Bordignon será a única representante na chave médio, com peso máximo permitido de 70 kg.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias