iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

30/05 - 11:38

Guilheiro e Derly falham e Brasil fica sem medalhas no sábado
O melhor resultado veio através de Leandro Guilheiro, quinto colocado na categoria leve (até 73kg)

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Mesmo com seis atletas no tatame, o Brasil fechou o primeiro dia de disputas do Grand Slam de Moscou sem subir ao pódio. O melhor resultado veio através de Leandro Guilheiro, quinto colocado na categoria leve (até 73kg).

Medalhista de bronze nas Olimpíadas de Atenas e de Peqquim, Guilheiro venceu suas duas primeiras lutas, diante do cazaque Rashit Kibayev (koka) e do polonês Tomasz Adamiec (yuko (shido)).

Porém, ele não foi páreo para o russo Mansur Isaev, que o derrotou por ippon nas quartas de final. Com o resultado, Leandro somou 60 pontos no ranking mundial, que só a partir de 2010 valerá como classificatório para as Olimpíadas de Londres.

Campeão mundial entre os meio-leves, João Derly também não foi bem na capital russa, onde conseguiu 36 pontos: em sua estréia, o gaúcho passou pelo sul-coreano Jun-Ho Cho, mas na sequência, mas na rodada seguinte perdeu para o mongol Khishigbayar Buuveibaatar por ippon no Golden Score.

Já os ligeiros Denílson Lourenço e Felipe Kitadai, que perderam respectivamente para medalhista olímpico Rishod Sobirov, do Uzbequistão, e o campeão olímpico Min-Ho Choi, da Coreia, não puderam sequer voltar depois da derrota para ainda lutar pelo bronze, uma vez que o novo sistema de disputa do judô iniciado em 2009 já não prevê a realização de repescagem. O mesmo aconteceu com outra ligeiro, Taciana Lima, que perdeu para a japonesa Tomoko Fukumi, e com o leve Felipe Braga, derrotado por Mario Schendel, da Alemanha.

"Sobirov mudou completamente o estilo, usando mais a esquerda e travou o meu jogo", lamentou Denílson Lourenço, que competiu pela primeira vez sem o sistema de repescagem. "Agora ficou muito mais tudo ou nada. É entrar em cada luta como se fosse uma final. Estranhei um pouco, mas essa é a nova realidade", resignou-se.

Neste domingo o Brasil compete novamente, atavés de Guilherme Luna, Eduardo Santos, Tiago Camilo, Luciano Correa e Daniel Hernandes.


Leia mais sobre: Leandro Guilheiro João Derly

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias