iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

05/02 - 18:53

Brasil receberá Mundial de handebol feminino em 2011

País foi eleito após um consenso entre os outros candidatos; cidades catarinenses receberão jogos

EFE

SÃO PAULO - A Federação Internacional de Handebol (IHF, em inglês) confirmou o Brasil como sede do Mundial feminino da categoria em 2011. O presidente da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Manoel Luiz Oliveira, afirmou que o país foi eleito após um consenso entre os outros candidatos.

"Inicialmente, além do Brasil, outros países também pleiteavam realizar o Mundial, mas pelo bom conceito internacional que temos, eles acabaram desistindo para nós sediarmos o campeonato", disse.

"Depois, no início de janeiro, Miguel Roca, que é membro da IHF, fez a inspeção das instalações e de toda a infra-estrutura dos municípios de Santa Catarina que receberão os jogos. O relatório dele foi muito positivo, o Conselho da IHF, que é quem define as sedes, gostou da apresentação da CBHb e o projeto foi homologado com louvor e aprovado por unanimidade", acrescentou.

As cidades de Florianópolis, São José, Itajaí, Blumenau, Brusque, Jaraguá do Sul e Joinville serão as subsedes da competição. Segundo o dirigente, o evento terá um custo de R$ 18 milhões.

"Algumas instalações tem que ser melhoradas, temos que fazer pequenos ajustes, mas a nossa expectativa é que não chegue a esse valor total. Os recursos virão de diversas parcerias: IHF, patrocinadores, Ministério dos Esportes, Comitê Olímpico Brasileiro (COB), estado de Santa Catarina e municípios participantes", disse.

Oliveira também disse esperar por um bom resultado da seleção brasileira no Mundial.

"O nosso maior objetivo com a realização desse Mundial é colocar o Brasil entre os melhores do mundo. Vamos ser avaliados tanto na parte administrativa, quanto técnica. Por isso, vamos organizar esse campeonato da melhor maneira possível, provar a maturidade do país em eventos esportivos e buscar a melhor classificação da história do handebol brasileiro", afirmou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias