iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

12/12 - 11:37

Bronze em Pequim, Ketleyn Quadros prevê trabalho no Grand Prix

"É natural, pois coloquei o meu nome na história. Foi um feito enorme e, agora, as pessoas querem me vencer a qualquer custo"

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Única judoca brasileira a conquistar uma medalha olímpica, Ketleyn Quadros será a grande estrela do Grand Prix de judô, que será realizado neste final de semana em Belo Horizonte. A atleta da categoria leve representará o Minas Tênis Clube na competição e já espera encontrar dificuldades nos tatames do Mackenzie.

“É natural, pois coloquei o meu nome na história. Foi um feito enorme e, agora, as pessoas querem me vencer a qualquer custo”, comentou Ketleyn, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008. “Mas estou preparada para o desafio e quero ajudar minha equipe a conquistar este título inédito”, acrescentou.

Ketleyn ganhou projeção também por ter sido a primeira mulher do País a conquistar um prêmio olímpico em esportes individuais. Famosa depois de 11 de agosto, a judoca vive uma outra vida. “Eu era uma atleta desconhecida nas outras duas vezes em que disputei o Grand Prix. Agora, minha realidade é outra”, complementou.

O Minas, clube de Ketleyn Quadros, aparece no grupo B do Grand Prix, ao lado de Pinheiros, Espaço Futuro e Betim. A chave A conta com São Caetano, Sogipa, Unisul e Gama Filho. Os dois primeiros colocados de cada grupo avançam às semifinais.

Presidente da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Paulo Wanderley Teixeira espera uma competição interessante, dado o bom momento da categoria feminina no judô. “As mulheres estão bem na fita, como se diz na gíria. Este é o ano do judô feminino, elas merecem uma competição de alto nível como o Grand Prix”, discursou.


Leia mais sobre: Ketleyn Quadros Grand Prix de judô

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias