iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Mais Esportes

05/12 - 17:37

Derly prevê 'casa cheia' no Grand Prix de judô

Quinta edição da competição interclubes começa neste sábado, em Porto Alegre, com 140 judocas de 13 clubes

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O bicampeão mundial João Derly, da equipe Oi/Sogipa espera contar com apoio maciço do público na disputa do Grand Prix Nacional masculino de judô. A quinta edição da competição interclubes começa às 10h deste sábado, em Porto Alegre, com 140 judocas de 13 clubes na briga pelo título brasileiro. Nas quatro últimas edições, o Esporte Clube Pinheiros e o São Caetano dividiram as taças.

“Competir na Sogipa é sempre muito especial para mim. Neste ginásio, disputei alguns dos meus maiores desafios e com a torcida ao meu lado me motivo muito. Em Porto Alegre os torcedores de judô são diferenciados, apaixonados pelo esporte. Com certeza teremos casa cheia nos dois dias do Grand Prix”, diz João Derly.

Uma das principais atrações do Grand Prix Nacional é a estréia do medalhista olímpico Tiago Camilo. Campeão pelo São Caetano, desta vez o atleta defende as cores do Pinheiros, que busca o tricampeonato e a conseqüente hegemonia da competição que será disputada no Rio Grande do Sul.

“Estamos concentrados e focados no tri. O Pinheiros se reforçou com a chegada do Tiago Camilo e do cubano Oscar Cardenas, mas os outros clubes também buscaram atletas fortes e a disputa será muito boa”, diz Daniel Hernandes, peso pesado da equipe e campeão dos Jogos Pan-Americanos de 2003.

O presidente da Confederação Brasileira de Judô, Paulo Wanderley Teixeira, ressalta a importância do Grand Prix Nacional de Judô para Brasil. "É um evento que tem boa participação do público e apelo pelo altíssimo nível da competição e dos clubes participantes, o que abrilhanta ainda mais o torneio", afirma o dirigente.

O Grand Prix arrecadará mantimentos para as vítimas das enchentes em Santa Catarina, em uma ação conjunta entre Sogipa e Federação Gaúcha de Judô. Os postos de recolhimentos das doações para os desabrigados de Santa Catarina estarão dispostos nas entradas do clube durante os dois dias da competição. Para ganhar um ingresso, o torcedor deve levar, no mínimo, 1 kg de alimento não-perecível, agasalhos ou 5 litros de água.

Entre às 10h e às 16h deste sábado, acontece a fase classificatória. No domingo, das 10h às 12h, está prevista a final e a disputa da medalha de bronze. Já a etapa feminina do Grand Prix Nacional acontece nos dias 13 e 14 de dezembro, em Belo Horizonte.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias