Tamanho do texto

De acordo com Dana White, a brasileira não deverá continuar como campeão da franquia

Cris Cyborg testou positivo no antidoping após a vitória sobre a japonesa Yamanaka
Strikeforce/Divulgação
Cris Cyborg testou positivo no antidoping após a vitória sobre a japonesa Yamanaka
Considerada a melhor lutadora de MMA do mundo, Cris Cyborg vai perder o cinturão do Strikeforce. Após testar positivo no exame antidoping por uso de anabolizantes, a lutadora paranaense não será mais a campeã dos pesos pena, de acordo com Dana White .

Veja também: Cyborg mantém cinturão do Strikeforce com nocaute em 16 segundos

“Ela vai perder o cinturão. Vamos ver o que acontece”, afirmou White , um dos donos do Strikeforce, à rádio ESPN de Las Vegas.

Cris Cyborg testou positivo no exame realizado após a vitória sobre a japonesa Hiroko Yamanaka por nocaute no primeiro round. Além de ficar sem o resultado no cartel, a brasileira deverá ser suspensa por um ano e pagar uma multa de US$ 2.500 (cerca de R$ 4.500)

Confira ainda: Revista divulga fotos sensuais da musa do MMA Gina Carano

“Reconhecemos que a Sra. Santos tem direitos sob a lei da Califórnia, e esperamos que ela não seja pré-julgada antes de ter a oportunidade de exercer tais direitos”, afirmou o presidente da Strikeforce, Scott Coker, dando chance de redenção à atleta.

Cyborg é considerada quase imbatível no MMA feminino. Ela sofreu apenas uma derrota – logo em sua estreia, ainda em 2005. De lá para cá, atropelou todas as suas adversárias com onze vitórias, sendo nove por nocaute e duas na decisão dos juízes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.