Tamanho do texto

Clube tricolor está disposto a mudar o local de seus jogos por 12 dias para deixar o UFC montar a arena do show

Recorde de público do UFC aconteceu em maio, em Toronto, com 55 mil pessoas
Reprodução
Recorde de público do UFC aconteceu em maio, em Toronto, com 55 mil pessoas
O São Paulo não quer perder a chance de sediar o UFC . O clube paulista ainda negocia para receber o maior evento do Ultimate da história e prepara até mesmo algumas regalias para assegurar o show no meio do ano no Morumbi. Tudo isso é movido pela ambição tricolor em conquistar novos mercados e ganhar grande visibilidade nos Estados Unidos, terra natal do torneio.

Veja também: Agenda lotada faz Belfort 'esquecer' revanche com Anderson Silva

“O São Paulo tem que pagar as contas e este é um mercado totalmente novo para nós, nos Estados Unidos e no resto do mundo. Sem dúvida, todos voltariam os olhos para nós com um evento desses e isso é algo muito interessante para o São Paulo”, afirmou ao iG Roberto Natel, vice-presidente social e responsável pela negociação com o UFC .

De acordo com o dirigente, o São Paulo estaria disposto a ceder o Morumbi por um período de até 12 dias para o UFC preparar o show no meio do ano. Com isso, o clube tricolor teria que mudar o local de seus jogos como mandante, o que não seria um problema, segundo Roberto Natel.

Confira ainda: UFC Rio abre ano internacional com recorde de países

“Podemos dar até 12 dias para eles deixarem tudo preparado. É só fecharmos a data para nos prepararmos antes. Vamos fazer tudo para que eles possam realizar um excelente evento no Morumbi”, completou o dirigente.

Natel aproveitou para negar qualquer possibilidade de o clube bancar a instalação de um teto removível em cima do octógono. Segundo apurou a reportagem do iG , o UFC não tem interesse em dividir os custos da cobertura móvel e estaria analisando somente a melhor formar de cobrir o local.

Veja também: São Paulo 'supera' Corinthians e estreia com 10 a 0 sobre o Palmas

O interesse do UFC em realizar um evento na capital paulista começou há alguns meses. Além do estádio tricolor, membros da comissão do torneio visitaram uma série de outros locais, como o Ginásio do Ibirapuera e o estádio do Pacaembu. Entretanto, sempre tiveram maior interesse pelo Morumbi devido à capacidade do local superior a 50 mil torcedores.

A expectativa do UFC é que o evento no meio do ano quebre o recorde de lotação da franquia. Atualmente, o UFC 129 – realizado em maio, no Canadá – é maior de todos com a presença de 55 mil fãs no estádio Rogers Centre.

O evento no meio de 2012 seria protagonizado pela possível revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen, que antes tem compromisso contra Mark Muñoz no dia 28 de janeiro. Outro combate que deve acontecer no Morumbi é o duelo entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva, treinadores da temporada brasileira do reality show The Ultimate Fighter.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.