Tamanho do texto

Brasileiro, que estava com luta marcada no UFC Rio, foi liberado de seu contrato devido a um processo de agressão em 2002

O brasileiro Maiquel Falcão, que estava escalado para enfrentar Tom Lawlor no UFC Rio, teve seu contrato rescindido com o Ultimate. O motivo da demissão do lutador gaúcho foram os problemas judiciais envolvendo o atleta, que foi preso em dezembro de 2010, em Pelotas (RS), por uma briga na saída de uma boate, em 2002, quando Falcão era segurança da casa de shows.

Em nota enviada à imprensa, o empresário de Falcão, Marcelo Brigadeiro, confirmou a liberação contratual de seu cliente. Ainda conforme o comunicado, tanto Brigadeiro quanto Falcão acataram a decisão tomada pelo evento, salientando a gratidão de ambos com o UFC devido a oportunidade concedida ao gaúcho de estrear internacionalmente na carreira

"Apesar de tristes, respeitamos a decisão do UFC e esperamos estar de volta ao maior evento do mundo muito em breve. Penso que acontecimentos como este servem para reavaliarmos muita coisa, aprendermos e seguirmos em frente e podem ter certeza que o Maiquel Falcão seguirá em frente", divulgou o empresário em comunicado oficial.

Maiquel Falcão, que tem um cartel profissional de 26 vitórias e três derrotas, estreou no Ultimate em novembro de 2010, no UFC 123, quando surpreendeu o favorito Gerald Harris e venceu o norte-americano na decisão unânime dos juízes.

Com a demissão de Falcão, o UFC 134, também chamado de UFC Rio, que acontece dia 27 de agosto, na capital carioca, passa a contar com sete lutas confirmadas. Ainda não foi revelado pelos dirigentes norte-americanos se Lawlor continua escalado no programa de lutas. Confira abaixo os confrontos agendados para o UFC Rio:

Anderson Silva x Yushin Okami (disputa do cinturão dos pesos médios)
Maurício Shogun x Forrest Griffin
Edson Barboza x Ross Pearson
Luiz Banha Cané x Stanislav Nedkov
Thiago Tavares x Spencer Fisher
Rousimar Toquinho x Alexandre Cacareco
Paulo Thiago x David Mitchell

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.