Tamanho do texto

Lutador brasileiro experimenta jogo de luta e mostra na tela a mesma habilidade dos ringues, com duas vitórias por nocaute

José Aldo é famoso por seus socos e chutes potentes dentro dos ringues. Mesmo sendo oriundo do jiu-jitsu, é na luta em pé que ele se destaca no mundo do MMA (do inglês, artes marciais mistas). Mas suas diversões preferidas são o futebol e, sobretudo, os games. “Viciado” em jogos eletrônicos, ele passa o tempo, quando não está treinando, com o controle na mão comandando o time inglês do Chelsea. Bem, passava, porque agora pretende adotar os jogos de luta de UFC como hobby.

Veja ainda: UFC Rio abre lista de eventos com treino na praia da Barra

Na tarde desta quinta-feira, o campeão peso pena (até 66,8 kg) experimentou o UFC Undisputed 3, novo jogo da maior organização de lutas do mundo e ainda não disponível no mercado. Ao lado de um fã, foi testado de surpresa no papel de um lutador que ele conhece bem: ele próprio. O oponente da telinha? O americano Kenny Florian, seu adversário no UFC 136, em setembro.

Leia também: Ring Girls do UFC querem conhecer balada carioca

Aldo não sentiu a pressão de jornalistas e fãs que aguardavam a entrevista dos lutadores após a coletiva de imprensa realizada minutos antes do Copacabana Palace. “Eu não sei jogar isso. Só jogo futebol”, foi desculpando-se o campeão, atleta da equipe Nova União, imaginado uma surra.

Mas em poucos minutos seu instinto brigador tomou conta do joystick. Logo Aldo desferiu golpes impiedosos, derrubando Florian. “Ih...Estou aprendendo. Levo jeito”, brincou Aldo.

Em seguida, um chute de direita encontrou o queixo do americano, que foi a nocaute. A luta foi interrompida pelo árbitro brasileiro Mário Yamasaki, muito parecido na tela com o da vida real.

“Gostei, agora vou jogar isso aqui também”, brincou o campeão, para em seguida jogar novamente a pedido de uma emissora de TV que perdera a imagem.

Leia também: Rival de Belfort fala em massacre e promete 'meter a porrada'

Sem mudar os lutadores no game, manteve a “estratégia de luta”, levando o oponente à lona novamente. Desta vez, no entanto, com uma sequência de socos. Yamasaki interrompeu novamente o combate, dando a vitória a o peso pena.

“Me diverti muito. Só jogava futebol, nunca tinha brincado com este joguinho. Gostei. Aprendi rápido“, brincou o campeão, que tem usado muito os games para se manter acordado para os treinos nas madrugadas, uma vez que sua luta, na madrugada de domingo, no UFC Rio, contra o invicto Chad Mendes, será às 3h.

Veja as fotos da coletiva do UFC Rio:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.