Tamanho do texto

Brasileiro disse que não pensa em brigar pelo cinturão dos médios do UFC tão cedo

O carioca Vitor Belfort terá que esperar mais um pouco por um novo combate contra Anderson Silva . Com duas lutas marcadas até o meio do ano, o carioca admitiu que está longe de uma revanche da aguardada “Luta do Século” e que só pensa em se sair vitorioso no UFC Rio do dia 14 de janeiro, na Arena HSBC.

Veja também: Presidente do UFC programa retorno de Cigano para o meio do ano

“Estou pronto e ando um passo de cada vez. Minha luta é no dia 14 da janeiro e vou enfrentar quem o UFC colocar na minha frente. Vou manter minha rotina de treinos e sempre aproveitar cada passo, sem pressa. É assim que vejo as coisas”, afirmou o lutador.

Vitor Belfort será um dos protagonistas do UFC Rio no duelo contra o americano Anthony Johnson. Depois disso, ele volta a atenção para a gravação do reality show “The Ultimate Fighter”, que será transmitido pela Globo a partir de março.

Confira ainda: UFC Rio abre temporada internacional com recorde de países

Passados todos os episódios do programa, ele enfrentará o outro treinador do show, Wanderlei Silva, em um combate entre maio ou junho. Só então Vitor Belfort estaria credenciado para um novo confronto contra Anderson Silva.

“Tento me concentrar no que está à minha frente, que é esta luta do dia 14”, completou. “Este será um evento histórico e estou muito animado em participar dele. Agora todos nos tratam como atletas de verdade e sabia que esse dia chegaria”, concluiu.

Enquanto isso, Anderson Silva se recupera de lesão no ombro. Ele deverá lutar no mesmo dia do dulo Vitor Belfort x Wanderlei Silva contra o vencedor do combate entre Chael Sonnen e Mark Muñoz. null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.