Tamanho do texto

Rafael Barata chamou Ronda de "lutadora fenomenal e muito perigosa" e afirmou não haver segredo para uma revanche

Holly Holm acertou o chute em Ronda que a nocauteou
Josh Hedges/UFC
Holly Holm acertou o chute em Ronda que a nocauteou

Holly Holm surpreendeu a todos no último final de semana e nocauteou a até então invicta Ronda Rousey para conquistar o cinturão do peso-galo feminino do UFC. Apesar da vitória ter sido pelo alto, com um chute na altura do pescoço e uma sequência de socos, o técnico de jiu-jitsu da nova campeã , Rafael Barata, em entrevista ao iG Esporte , ressaltou que tudo foi feito conforme os treinamentos.

"Depois que a emoção foi baixando e ela foi processando a luta de novo na cabeça, ela percebeu que aplicou praticamente tudo o que trabalhamos no camp para evitar os pontos fortes da Ronda, como os chinches e, principalmente, a defesa do armlock. A Holly lutou perfeitamente e manteve uma boa disciplina na luta. Executou perfeitamente o que foi planejado", afirmou o treinador.

Rafael, ao falar sobre a luta, não economizou nos elogios à ex-campeã e colocou a experiência de Holm como ponte forte para ela ter conseguido o feito inédito.

"A luta foi muito boa. As duas estavam muito bem preparadas e com muita vontade de vencer. Foi exatamente como desenhamos que seria. A Ronda é uma lutadora fenomenal e muito perigosa, mas a Holly estava muito bem treinada e preparada para tudo o que a Ronda podia oferecer. Então, com sua experiência e com a confiança nos técnicos, ela anulou o jogo da Ronda dominando a luta do começo ao fim", acrescentou.

Holly Holm durante treinamento de jiu-jitsu com Rafael Barata
Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Holly Holm durante treinamento de jiu-jitsu com Rafael Barata

Ao contrário do que alguns especialistas disseram, que Rousey teria entrado na luta sem nenhum cuidado e que estava irreconhecível, Barata lembrou que aquele é o típico estilo de luta da loira e ainda elogiou a luta em pé de sua aluna.

"Achei que ela entrou bem, como ela sempre entra. Pra frente, tentando se impor, usando os socos para encurtar a distância e poder aplicar o clinch dela. Mas o diferente foi que a Holly teve um jogo de pé muito bom e se movimentou muito bem o que dificultou para a Ronda achá-la dentro do octógono", disse.

Por fim, o brasileiro revelou que Holly Holm estará preparada para as próximas lutas e também para uma possível revanche contra Ronda.

"Não tem segredo! É se manter focada, trabalhando duro e procurar evoluir sempre em todos os aspectos do jogo. A Ronda é uma lutadora fenomenal e muito perigosa, como várias outras da categoria, então precisamos continuar preparados para tudo", finalizou.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas