Tamanho do texto

Para Mike Brown, a brasileira de 27 anos é melhor na hora da trocação e possui força para derrotar até homens

Quarta colocada no ranking do peso-galo feminino do Ultimate Fighting Championship, a brasileira Amanda Nunes, 27 anos, segue em busca da chance de disputar o cinturão da categoria, que pertence a campeã e invicta Ronda Rousey.

A brasileira Amanda Nunes, quarta no ranking do peso-galo feminino do UFC
Divulgação/UFC
A brasileira Amanda Nunes, quarta no ranking do peso-galo feminino do UFC

Mas será que Leoa dos Ringues, como é conhecida, detentora de um cartel com 11 vitórias e quatro derrotas no MMA, já é capaz de enfrentar a norte-americana, que recentemente derrotou Bethe Correia, outra brasileira, com apenas 37 segundos de luta? Mike Brown, seu treinador, em entrevista ao podcast "The MMA Hour", garante que sim.

"Na minha opinião, acho que ela está pronta. Acho que a trocação dela está anos-luz à frente da Ronda. Obviamente, a Ronda é super talentosa, é a melhor. A Amanda teria que usar uma boa movimentação para pontuar e ficar longe do chão, porque a Ronda é um fenômeno no chão. Mas eu não acho que o jogo em pé da Ronda está no mesmo nível que o da Amanda", disse.

Brown ressaltou ainda que a brasileira possui socos e chutes muito fortes e é capaz de superar até homens em seus treinamentos.

"Ela só começou a treinar conosco para suas últimas lutas, mas posso dizer que essa é a primeira garota que vi na academia e fiquei impressionado. Eu já a vi parar caras na academia. Ela dá surras nos homens, faz com que eles desistam na luta em pé. E, desde nova, ela tem base na luta agarrada. Eu já a vi fazer caras desistirem no treino de kickboxing. É impressionante. Ela bate lutadores profissionais que são muito duros, e ela também pode ser malvada. Ela vai para cima e os caras ficam tímidos", declarou.

No UFC, Nunes venceu quatro lutas e perdeu apenas uma. No seu último combate, contra a norte-americana Sara McMann, no dia 08 de agosto, ela triunfou com uma finalização por mata-leão ainda no primeiro round.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.