Tamanho do texto

Segundo George Lockhart será preciso quatro a seis meses para que a brasileira chegue ao peso da norte-americana

Há muito se sonha com uma luta entre a brasileira campeã peso-pena do Invicta FC, Cris Cyborg, e a detentora do cinturão dos galos feminino no UFC, Ronda Rousey. Para isso acontecer, Cyborg, no entanto, precisaria baixar seu peso para entrar na categoria da norte-americana e isso, segundo o preparador físico George Lockhart, é possível.

Campeã Cris Cyborg (à direita) em ação dentro do octógono
Strikeforce/Divulgação
Campeã Cris Cyborg (à direita) em ação dentro do octógono

"Sim, ela consegue (chegar aos 61,2kg). Quanto mais tempo tivermos, melhor, claro. Podemos descer em até quatro a seis meses. 5 de dezembro está perto, mas está dentro do prazo, conseguiríamos fazê-la bater o peso", disse George em entrevista ao "The MMA Hour".

Lockhart ressaltou também que ao ser questionado pela equipe que gerencia a carreira de Cris Cyborg se era possível acontecer a superluta, sua resposta foi a mais positiva possível.

"Finalmente me perguntaram sobre isso, e eu disse que sim, ela consegue. Cris está com um fogo por essa luta, ela quer muito essa luta com a Ronda, então vamos conseguir", acrescentou.

O principal desafio do preparador físico, porém, é de manter a potência da curitibana, mesmo com alguns kilos a menos.

"Ela me fez prometer. Ela disse, 'Se não estiver forte, não quero lutar com 61,2kg'. Essa é sua principal preocupação. Ela não está preocupada em perder para ninguém, mas em perder porque está em 7% de sua capacidade. A questão para mim é fazê-la descer e ela estar tão bem ou melhor do que com 65,8kg. Eu já aprendi muita coisa sobre seu corpo. Sei exatamente o que ela come, quando come, como treina, quando treina, porque estive o tempo todo com ela no último camp. Muita gente não tem o atletismo ou a mentalidade para fazer isso, e ela tem, então acredito que consiga", completou.

Na última semana, a brasileira, entretanto, avisou que será necessário um esforço de ambas as partes para que as duas se enfrentem no octógono.

“Concordei em encontrá-la no meio do caminho, no peso 140lbs (63,5kg), esse é o justo. Mas ela não concorda, então para acontecer não depende só de mim, depende das duas quererem a luta”, revelou.

Com 30 anos, Cris Cyborg está no MMA há dez anos e perdeu apenas uma luta, que foi, inclusive, a primeira. De lá pra cá foram 15 combates, com 14 vitórias e um duelo sem resultado final. Ela é dona do cinturão dos penas no Invicta FC desde 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.