Tamanho do texto

Lutador capixaba tem quatro vitórias e quatro derrotas no UFC e enfrenta o americano Mike Rhodes neste sábado, em Barueri

A irregularidade de vitórias e derrotas no UFC mexeu com o capixaba Erick Silva. Insatisfeito, o lutador mudou de empresário e entrou na faca. Ele não está mais com Wallid Ismail. Eduardo Mauro, conhecido como Duda Mauro, é seu novo empresário. Erick aproveitou também para passar por um procedimento cirúrgico para a correção de um desvio de septo nasal.

Leia mais: De volta às origens, vencedor do TUF se vê mais maduro em segunda luta no UFC

Erick Silva participa de treino aberto do UFC no Allianz Parque
Josh Hedges/Getty Images
Erick Silva participa de treino aberto do UFC no Allianz Parque

Em suas lutas no UFC, pôde-se perceber a dificuldade de Erick manter o gás e evitar a fadiga nos combates. Pensando nisso, o capixaba fez a cirurgia no nariz para melhorar a respiração. Mas a recuperação não foi tão fácil assim.

“Achei que a recuperação seria mais tranquila. Imaginei que poderia estar treinando com um mês, mas demorei dois meses e meio. Por ser no nariz, só pude começar a levar golpes bem depois, mas agora estou totalmente recuperado”, disse Erick, em entrevista ao iG .

O brasileiro já consegue enxergar a melhora depois da correção durante os treinos. “Na verdade, o que ajuda estar respirando melhor é na parte da fadiga mesmo. Respirando mal, não conseguia tanto oxigênio. Agora está melhor”.

Pronto para o retorno aos octógonos, Erick Silva encara o americano Mike Rhodes neste sábado, no UFC Barueri, que será realizado no ginásio José Corrêa. O capixaba não mudou apenas de empresário.

“Achei que seria o momento de fazer uma mudança. Não foi nenhum problema com o Wallid, me dou bem com ele. Quero fazer um teste, dar uma mudada. Tenho nova equipe médica, jurídica e assessoria também”, disse o lutador de 30 anos.

A luta em Barueri aparece como chance para Erick Silva superar a derrota da edição de 2013, quando foi nocauteado pelo sul-coreano Dong Hyun Kim e decepcionou a torcida. Dessa vez, ele terá pela frente um adversário que perdeu as duas únicas lutas que realizou no UFC. Porém, sabe que não será fácil. “Todo atleta do UFC fez muito antes de entrar. Não será uma luta fácil, mas não quero perder outra. Todos têm momentos difíceis”, disse Erick, que espera uma luta em pé, porque Rhodes veio do kickboxing.

O capixaba tem quatro vitórias e quatro derrotas no UFC e agora tenta se mostrar reinventado em Barueri. “É importante para qualquer atleta conseguir várias vitórias consecutivas. Tenho que ver daqui para frente. Não dá para mexer mais nas lutas passadas. A partir de agora, quero fazer uma história diferente no UFC”, concluiu o brasileiro.

O "UFC: Machida x Dollaway" acontece na noite deste sábado, no Ginásio José Corrêa, e terá transmissão ao vivo do canal Combate a partir das 22h (de Brasília). A Rede Globo exibe as lutas do card principal a partir das 1h10, horário de Brasília.

UFC Barueri

Card principal
Peso-médio: Lyoto Machida x CB Dollaway
Peso-galo: Renan Barão x Mitch Gagnon
Peso-meio-pesado: Antônio Cara de Sapato x Patrick Cummins
Peso-leve: Elias Silvério x Rashid Magomedov
Peso-meio-médio: Erick Silva x Mike Rhodes
Peso-pena: Renato Moicano x Tom Niinimaki

Card preliminar
Peso-meio-pesado: Marcos Pezão x Igor Pokrajac
Peso-médio: Daniel Sarafian x Junior Alpha
Peso-pena: Darren Elkins x Hacran Dias
Peso-galo: Leandro Issa x Ulka Sasaki
Peso-meio-médio: Marcio Lyoto x Tim Means
Peso-médio: Vitor Miranda x Jake Collier

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.