Tamanho do texto

Pedro Munhoz e Marcos "Pezão" abriram o card preliminar do TUF Brasil 3 Final com vitórias impressionantes em São Paulo

Pedro Munhoz aplica chute de direita em Matt Hobar
Wagner Carmo/inovafoto
Pedro Munhoz aplica chute de direita em Matt Hobar

Dois nocautes rápidos e impressionantes logo nas duas primeiras lutas do TUF Brasil 3 Final empolgaram os fãs que compareceram ao ginásio do Ibirapuera, neste sábado. Pedro Munhoz e Marcos Rogério Lima, o Pezão, conseguiram nocautes avassaladores e levantaram o público.

Leia mais :  Fabricante de suplementos para atletas cresce 34% com popularização do UFC

Pelos galos, o paulista Pedro Munhoz aplicou nocaute sobre o americano Matt Hobar. Os gritos de “Uh, vai morrer” da torcida para o rival, parecem ter animado o brasileiro. Com um chutaço de direita e uma série de socos no ground and pound, Munhoz derrubou Hobar e o árbitro Mário Yamazaki foi obrigado a paralisar a luta, logo no primeiro round, para vibração dos fãs.

Munhoz fez a sua segunda luta no UFC e conseguiu sua primeira vitória. Em sua estreia, foi derrotado por Raphael Assunção, em decisão unânime dos juízes, no UFC 170, realizado em fevereiro desse ano.

Veja fotos do TUF Brasil 3 Final:


Já no duelo dos estreantes dos pesados entre Marcos Pezão e Richardson Moreira, o Rick Monstro, participantes da terceira edição do TUF, outro nocaute rápido. Com menos de um minuto de luta, Pezão acertou uma direita, que fez seu rival cair desnorteado. Ainda acertou mais golpes no ground and pound e conseguiu um nocaute avassalador.

Ao fim da luta, Pezão agradeceu o americano Chael Sonnen, seu técnico no TUF e disse respeitar Rick Monstro, companheiro de treinos na Team Nogueira.

Demente aplica mata-leão em Wagnão Silva
Na terceira luta do card preliminar, outro duelo entre participantes do TUF. Melhor desde o primeiro round, Ricardo "Demente" derrubou Wagner Silva, tentou aplicar golpes no ground and pound e finalizou com um mata-leão, no segundo round.

Kevin Souza vence luta franca contra filipino
Em uma das melhores lutas do ano, o brasileiro Kevin Souza venceu o filipino Mark Eddiva, ainda pelo card preliminar. Após quase ser nocauteado no primeiro round, o baiano reagiu e trocou fortes golpes em pé com Eddiva. Os dois chegaram a ficar grogue. Mas no segundo, disparou uma sequência fantástica de socos, que fizeram o árbitro Herb Dean decretar o fim de luta, mesmo com o filipino em pé, porem, sem reação. 

Lutador do BOPE perde para russo
Membro do BOPE, o brasiliense Paulo Thiago perdeu a sua quarta luta dos últimos cinco duelos que participou. O brasileiro, que vive má fase, foi derrotado pelo russo Gasan Umalatov, na decisão unânime dos juízes, no duelo mais amarrado até o momento do TUF Brasil Final 3. 

Elias Xuxu finaliza americano
Embalado pela torcida que veio ao Ibirapuera, Elias Silvério, o Xuxu, venceu seu terceiro combate e segue invicto pelo UFC. O lutador paulista pegou as costas do americano Ernest Chavez e aplicou um mata-leão. 

Card principal
Peso-pesado: Fábio Maldonado x Stipe Miocic
Peso-pesado: Antônio Carlos "Cara de Sapato" x Vitor Miranda
Peso-médio: Warlley Alves x Márcio Lyoto
Peso-meio-médio: Demian Maia x Alexander Yakovlev
Peso-pena: Rony Jason x Robbie Peralta

Card preliminar
Peso-leve: Rashid Magomedov venceu Rodrigo Damm na decisão dos juízes
Peso-leve: Elias Silvério venceu Ernest Chavez por finalização no terceiro round
Peso-meio-médio: Gasan Umalatov venceu Paulo Thiago na decisão dos juízes
Peso-pena: Kevin Souza venceu Mark Eddiva por nocaute no segundo round
Peso-médio: Ricardo Demente venceu Wagner Silva por finalização no segundo round
Peso-pesado: Marcos Pezão venceu Rick Monstro por nocaute no primeiro round
Peso-galo: Pedro Munhoz venceu Matt Hobar por nocaute no primeiro round

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.