Tamanho do texto

Kalyl, de 15 anos, e Gabriel, de 16, postaram mensagens nas redes sociais e querem que o pai deixe as lutas

Kalyl Silva, filho de Anderson, treina com o pai
Josh Hedges/Zuffa LLC
Kalyl Silva, filho de Anderson, treina com o pai

Após a chocante fratura na perna esquerda de Anderson Silva durante a revanche contra Chris Weidman, o lutador brasileiro ainda não veio a público para falar sobre seu futuro no MMA. Porém, se depender dos seus filhos, Anderson não volta aos octógonos. 

Você é a favor da aposentadoria de Anderson Silva? Opine!

"Tenho respeito por Chris Weidman lutar como um campeão. Parabéns, Chris, é sua hora de ser uma lenda. Para os 'haters' do Silva, vão lá fazer festa e não venham falar comigo, não é minha culpa. Mas façam o que quiserem... Espero que ele se aposente e volte para casa. Porque estou cansado do meu pai treinar todo dia e ficar longe por 2 ou 3 meses", afirmou Kalyl Silva, de 15 anos, nas redes sociais.

Leia mais: Anderson Silva é operado, passa bem e se desculpa pode "desapontar" os fãs


Já Gabriel, de 16 anos, afirmou que não deixará tudo que o pai fez passar em vão, dando pistas sobre uma possível aposentadoria do pai do MMA e UFC. 

"Eu estou chocado. Que m... –, escreveu o garoto no Facebook, que horas depois fez uma promessa e agradeceu o apoio das pessoas. – Eu não vou deixar o legado do meu pai morrer. Juro por Deus que eu não deixo! Valeu pela força galera. Meu pai está bem, amanhã (hoje) já de volta valeu!", escreveu Gabriel. 

A família de Anderson Silva preferiu não assistir a luta direto de Las Vegas. Eles acompanharam o duelo na academia do lutador, em Los Angeles.



    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.