Tamanho do texto

Brasileiro voltará ao octógono no dia 28, quando disputará o cinturão dos médios do UFC com Chris Weidman

Anderson Silva chegou a um acordo com o Corinthians e voltou a integrar a equipe de MMA do clube. Assim, no próximo dia 28, ele lutará para recuperar o cinturão dos pesos médios do UFC, contra o norte-americano Chris Weidman, em Las Vegas, como atleta alvinegro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Reveja imagens do combate entre Anderson Silva e Chris Weidman


Será a revanche do combate ocorrido no UFC 162, em julho, quando Weidman castigou o brasileiro. Aquela foi justamente a primeira disputa de Silva após quase dois anos no Corinthians, durante os quais entrou no octógono três vezes, deixando-o com três vitórias por nocaute.

Agora, aquele é considerado o maior atleta de MMA de todos os tempos voltará a defender as cores de seu clube do coração. Na revanche do final do ano, ele terá o escudo da agremiação do Parque São Jorge em seu calção.

Veja ainda: "Se Spider estiver com as mãos baixas, vou nocauteá-lo", ameaça Weidman

Anderson tem um retrospecto de 16 vitórias e uma derrota no UFC, justamente para Weidman. Com o símbolo do Corinthians, ele bateu o japonês Yushin Okami, no Rio de Janeiro, derrubou o norte-americano Chael Sonnen, em Las Vegas, e triunfou também sobre o norte-americano Stephan Bonnar, no Rio.