Tamanho do texto

Viscardi Andrade não sentiu a pressão da estreia e nocauteou Bristol Marude no primeiro round; Sergio Moraes deu aula de jiu-jitsu, mas Vinny Magalhães perdeu em 14 segundos

Brasileiro Viscardi Andrade acerta soco em Bristol Marunde na primeira luta do UFC 163
Getty Images
Brasileiro Viscardi Andrade acerta soco em Bristol Marunde na primeira luta do UFC 163

Semifinalista da segunda edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil, Viscardi Andrade estreou com vitória no UFC. Neste sábado, no primeiro combate do UFC 163, o lutador paulista nocauteou o norte-americano Bristol Marude no primeiro round, em luta válida pelo peso meio-médio.

O brasileiro, que chegou a declarar que a vitória seria fundamental para sua permanência no UFC, não sentiu a pressão de disputar a primeira luta no maior campeonato de MMA do mundo e causou uma boa impressão no público presente na Arena HSBC, no Rio de Janeiro.

Apesar de ser um lutador do jiu-jítsu, Viscardi mostrou um boxe afiado. Sem perder tempo, o brasileiro acertou uma sequência de socos e derrubou o adversário. Depois, com a luta no chão, ele ainda castigou Marude até o árbitro interromper o combate.

”Eu estou afiando a minha mão todos os dias. Eu sou do jiu-jítsu, mas queria surpreender meu adversário. Eu treinei muito e sabia que tinha que dar um show para a torcida aqui no Rio de Janeiro. Estou realizando um sonho”, disse Viscardi.

Com o resultado, o cartel de Viscardi Andrade no MMA ficou com 17 vitórias e cinco derrotas. Já Bristol Marude, que sofreu a terceira derrota seguida na carreira, tem 12 vitórias e nove derrotas.

Brasileiro Sergio Moraes, embaixo, finalizou Neil Magny no card preliminar do UFC 163
AP
Brasileiro Sergio Moraes, embaixo, finalizou Neil Magny no card preliminar do UFC 163

Aula de jiu-jítsu
Considerado um dos melhores lutadores de jiu-jítsu no MMA, Serginho Morais justificou a fama e finalizou o norte-americano Neil Magny no primeiro round. Tricampeão mundial na faixa preta, o brasileiro deu uma verdadeira aula de jiu-jítsu na Arena HSBC. Após aplicar uma bela queda e dominar Magny no chão, o brasileiro finalizou o combate com um triângulo.

“Eu treino essa posição todos os dias. Agora sou um atleta de MMA, mas vou usar meu jiu-jítsu sempre que a luta cair no chão. Estou acostumado a fazer isso durante a minha vida toda”, disse Serginho, pouco após ser ovacionado pelo público.

Amanda Nunes celebra sua vitória por nocaute sobre a alemã Sheila Gaff
AP
Amanda Nunes celebra sua vitória por nocaute sobre a alemã Sheila Gaff

Mulheres em ação
Na primeira luta feminina realizada em um evento do UFC no Brasil, Amanda Nunes nocauteou a alemã Sheila Gaff no primeiro round. Número sete no ranking feminino do UFC, a brasileira sobrou no combate. Além de levar a melhor na trocação e aplicar belas quedas, Amanda conectou ótimos golpes no ground and pound e conquistou a vitória por nocaute técnico.

“Aqui é minha casa. Minha torcida está toda aqui. Eu treino em Miami, mas defendo a bandeira do Brasil em todos os lugares do mundo. Eu fui a primeira brasileira a assinar com o principal campeonato de MMA do mundo e estou muito feliz”, comentou.

Nocaute com 14 segundos
Apesar de ser considerado azarão no combate contra o brasileiro Vinny Magalhães, o australiano Anthony Perosh precisou de apenas 14 segundos para vencer a luta e estabelecer um dos nocautes mais rápidos da história do UFC. O brasileiro levou uma bomba de direita e caiu praticamente desacordado. Sem perder tempo, o australiano ainda acertou outros socos até o árbitro interromper a luta.

Confira os resultados do card preliminar do UFC 163:

Anthony Perosh nocauteou Vinny Magalhães no primeiro round
Amanda Nunes nocauteou Sheila Gaff no primeiro round
Serginho Moraes finalizou Neil Magny no primeiro round
Ian McCall venceu Iliarde Santos em decisão unânime dos árbitros
Rani Yahya venceu Josh Clopton em decisão unânime dos árbitros
Francimar Bodão venceu Ednaldo Lula em decisão unânime dos árbitros
Viscardi Andrade nocauteou Bristol Marunde no primeiro round

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.