Tamanho do texto

Lendas do MMA brasileiro como Wanderlei Silva, Vitor Belfort e Rodrigo Minotauro já tiveram a oportunidade de lutar três vezes com o mesmo adversário

Junior Cigano e Cain Velásquez vão se enfrentar no UFC pela terceira vez
Getty Images
Junior Cigano e Cain Velásquez vão se enfrentar no UFC pela terceira vez

Após o UFC 160, disputado no último sábado, em Las Vegas, Dana White anunciou que o brasileiro Junior Cigano e o norte-americano Cain Velásquez vão lutar pela terceira vez . Com a confirmação do presidente do UFC, o duelo entre os pesos pesados vai entrar na lista das principais trilogias da história do MMA.

Quem vai vencer a terceira luta? Deixe o seu recado e comente a notícia

Lendas do MMA brasileiro como Wanderlei Silva, Vitor Belfort e Rodrigo Minotauro já tiveram a oportunidade de lutar três vezes com o mesmo adversário. Além deles, outros grandes nomes do esporte também protagonizaram grandes trilogias, seja no extinto Pride ou no próprio UFC.

Leia mais: Pedido de Mike Tyson faz Cigano perder prêmio de R$ 100 mil

Embora o UFC não tenha divulgado uma data, o terceiro duelo entre Cigano e Velásquez deve acontecer ainda em 2013. No primeiro encontro, em novembro de 2011, o brasileiro conquistou o cinturão após nocautear o rival no primeiro round. No entanto, em dezembro do ano passado, Velásquez atropelou Cigano durante cinco rounds e retomou o cinturão em decisão unânime.

Quinton Jackson x Wanderlei Silva

Após Wanderlei Silva massacrar Quinton Rampage Jackson duas vezes no extinto Pride, o lutador norte-americano conquistou a primeira vitória contra o brasileiro no UFC 92. O clima pesado entre os dois ficou evidente até na pesagem oficial do evento. Na história do MMA, Poucos lutadores se odiaram tanto como eles.

Fedor Emelianenko x Rodrigo Minotauro

Considerado o melhor peso pesado da história do MMA, Fedor Emelianenko foi uma verdadeira pedra no sapato de Minotauro. Na melhor fase de sua carreira, o brasileiro perdeu duas vezes para o russo. E uma luta ficou sem resultado por causa de uma cabeçada acidental entre os lutadores.

Randy Couture x Vitor Belfort

Chamado de Fenômeno, Vitor Belfort sofreu a primeira derrota da carreira para Randy Couture, em 1997. Sete anos depois, o brasileiro venceu o norte-americano e conquistou o cinturão do UFC. Porém, no mesmo ano, Couture enfrentou Belfort e retomou o cinturão. Apesar da rivalidade, eles são amigos e já chegaram a treinar juntos.

Wanderlei Silva x Kazushi Sakuraba

Antes da primeira luta contra Wanderlei Silva, o japonês Sakuraba carregava a fama de “carrasco dos brasileiros” pelas vitórias contra Vitor Belfort, Renzo Gracia, Ryan Gracie e Royler Gracie. Porém, nos duelo contra o Cachorro Louco no extinto Pride, o japonês foi massacrado com três belos nocautes.

Randy Couture x Chuck Liddel

Principais símbolos do UFC nos Estados Unidos, Couture e Liddel são considerados os protagonistas do crescimento do MMA no país. Mesmo sendo derrotado no primeiro encontro, Liddell deu a volta por cima e saiu como vencedor geral do confronto com dois triunfos seguidos sobre Couture.

Matt Hughes x BJ Penn

Antes de enfrentar o BJ Penn pela primeira vez, o norte-americano Matt Hughes era considerado o grande nome dos meio-médios do UFC. Em três duelos contra o compatriota, Hughes conquistou uma vitória e sofreu duas derrotas. No último triunfo de BJ Penn, o combate durou apenas 21 segundos.

Gray Maynard x Frankie Edgar

Entre os pesos leves do MMA, a principal trilogia foi entre os norte-americanos Gray Maynard e Frankie Edgard. Apesar de terem disputado três lutas, ninguém leva vantagem. Na primeira, Edgard sofreu a primeira derrota da carreira. Na segunda, o duelo terminou empatado. Já na terceira, Edgar nocauteou o rival e manteve o cinturão do UFC.

Matt Hughes X GSP

Apontado como o melhor lutador de todos os tempos dos meio-médios, GSP sofreu apenas duas derrotas na carreira, sendo uma delas contra Matt Hughes. No entanto, o lutador canadense conseguiu dar o troco. Ele ficou em vantagem após conquistar duas vitórias seguidas contra o rival.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.