Tamanho do texto

Lutador americano foi derrotado pelo canadense GSP e fez provocações ao seu rival, na coletiva após o combate

Após perder combate válido pelo cinturão dos meio-médios do UFC para o canadense Georges St. Pierre, o polêmico lutador Nick Diaz revelou que ainda não sabe o que vai fazer da carreira. O americano cogitou a aposentadoria dos octógonos, mas pediu uma revanche contra GSP.

Leia mais: GSP "cala" Diaz e mantém cinturão dos meio-médios por decisão unânime

“Eu tentando me aposentar, tentando sair disso, mas adoraria uma revanche. Acho que posso batê-lo. Eu realmente acho. Só acho que posso estar melhor preparado para essa luta, se receber uma chance extra. Eu acho que consigo parar as quedas pelos primeiros dois rounds e lutar a partir daí para batê-lo", disse Diaz após perder para GSP por decisão unânime dos juízes.

O lutador americano ainda provocou o canadense, dizendo que St. Pierre se restringe ao wrestling e tem socos pouco potentes.

"Ele bate como uma mulher porque tem medo demais de levar um soco de verdade. Esse cara não tem poder de soco. Sem ofensa, GSP é um wrestler. Ele me socou de lado, o cotovelo dele não me cortou", completou Diaz, para gargalhadas dos jornalistas e demais lutadores.

As declarações de Diaz não fizeram efeito em Dana White, presidente do UFC.O mandatário já garantiu que Johny Hendricks será o próximo desafiante de St. Pierre.