Tamanho do texto

Em fevereiro desta ano, os lutadores britânicos brigaram em pleno aeroporto de Munique e foram detidos pela polícia alemã

Ex-campeão mundial dos pesos pesados da Associação Mundial de Boxe, o britânico David Haye cumpriu a promessa e nocauteou Dereck Chisora no quinto round. A luta deste sábado, disputada na Inglaterra, quase foi cancelada por uma série de polêmicas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Enquanto Haye estava sem licença para lutar após anunciar a aposentadoria no ano passado, Chisora foi banido do Conselho Mundial de Boxe. Em fevereiro deste ano, ele cuspiu no irmão do campeão Vitali Klitschko e foi preso pela polícia alemã por brigar com Haye.

Devido aos problemas, as federações britânica e alemã de boxe tentaram impedir o duelo. No entanto, por causa de uma brecha no regimento da União Europeia, a Federação de Boxe de Luxemburgo concedeu a licença necessária para os pugilistas se enfrentarem.

Leia mais:  Boxe olímpico aceitará profissionais para os Jogos do Rio 2016

O desentendimento entre os boxeadores começou após Haye, que trabalhava como comentarista enquanto estava aposentado, criticar a atitude de Chisora com o irmão de Vitali Klitschko. Revoltado, Chisora foi tirar satisfação com Haye em pleno aeroporto de Munique, na Alemanha.

Agora, com a vitória contra Dereck Chisora, David Haye deve ganhar a chance de enfrentar Vitali Klitschko, campeão da categoria.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.