Tamanho do texto

Lutador americano também pode enfrentar rivais como Vitor Belfort e Wanderlei Silva se continuar entre os pesos médios

Chael Sonnen foi para o fim da fila no peso médio, segundo Dana White
Getty Images
Chael Sonnen foi para o fim da fila no peso médio, segundo Dana White

Chael Sonnen está de olho em novos desafios no UFC. Passada a derrota para Anderson Silva no último sábado, o lutador mais polêmico do Ultimate admitiu que está sem rumo no peso médio e por isso está analisando a possibilidade de subir para os meio-pesados para desafiar Jon Jones pelo cinturão.

O que você acha da mudança de Sonnen? Comente com outros torcedores

“Preciso de um plano e um caminho para o título. Amo o esporte e não quero me aposentar”, comentou o americano. “O Anderson Silva pode se aposentar, mas também existe a chance de eu mudar de categoria. É algo comum, que muitos fizeram, como Randy Couture e Dan Henderson”, completou em entrevista ao site MMA Fighting.

Veja também:  Barão disputa título do UFC longe dos holofotes e sem pressão

Sonnen fracassou em sua segunda chance de conquistar o título dos médios (84 kg) ao ser nocauteado por Anderson Silva . Após o evento, o presidente do UFC, Dana White, descartou a terceira luta entre os dois e afirmou que o americano estava novamente no fim da fila para brigar pelo cinturão.

iG Entrevista:  Ronda Rousey aposta em ouro de Mayra e quer enfrentar Cyborg

“Preciso de duas semanas para me acalmar e ver o que vou fazer. Tem uns caras fortes nos meio-pesados, e seria uma boa forma de recomeçar”, ressaltou Chael Sonnen, que também pode enfrentar atletas como Vitor Belfort e Wanderlei Silva se continuar nos médios.

Confira ainda:  Dana White abre caminho para Hector Lombard desafiar Anderson Silva

O arquirrival de Anderson Silva também aproveitou para descartar qualquer possibilidade de apelar do resultado do combate contra o Aranha. Sonnen reiterou que a joelhada do brasileiro atingiu seu rosto, mas disse que sua derrota foi justa.

“Eu nunca apelaria uma derrota. A decisão do juiz é final e eu a respeito. Essas são as regras que eu aceitei. A joelhada atingiu o meu rosto, mas foi uma decisão do juiz. Não quero que ninguém derrube lágrimas por mim. Ele teve uma chance e aproveitou”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas