Tamanho do texto

Ídolo do Real Madrid e atual diretor de futebol do clube defendeu o zagueiro português após pisão na mão de Messi

Zinedine Zidane saiu em defesa do zagueiro Pepe e do treinador José Mourinho, ambos portugueses e do Real Madrid, que estão sendo alvo de intensas críticas da imprensa espanhola depois da derrota do time para o Barcelona pela Copa do Rei, na quarta-feira.

Leia mais: Pepe diz que pisão em Messi foi involuntário

A imprensa madrilenha, geralmente leal ao Real Madrid, disse que Mourinho escolheu uma tática "negativa" na derrota por 2 x 1, e que Pepe agiu de forma inadmissível ao dar um pisão na mão de Lionel Messi.

Veja ainda: Mourinho lamenta falhas defensivas em nova derrota para Barça

"Acho que todas as críticas dirigidas ao Madrid, ao seu treinador e aos jogadores são muito injustas", disse o francês, que jogou pelo Real, à edição de sexta-feira do jornal As. "Pepe é um jogador do qual você quase não escuta um pio fora do campo. É um camarada charmoso, muito elegante. Mas, quando ele entra em campo, fica obcecado em vencer, e essa ansiedade pela vitória o faz cometer erros", acrescentou Zidane, que desde julho trabalha como diretor de futebol do clube madrilenho.

Zidane defendeu Mourinho, dizendo que ele acumula estatísticas "incríveis" desde que chegou ao Real. "E pensar que alguns duvidam do seu compromisso com o Madrid e (dizem) que ele vai permanecer só por dois anos e irá embora. Sinceramente, prefiro que ele fique só dois ou três anos e faça algo grande, a alguém que fique dez (anos) e não faça nada", concluiu Zidane.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.